Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Secretário Deza se retrata de acusação contra jurista e ameaça presidente da Câmara

Publicado por Junior Carvalho As quinta-feira, 12 de dezembro de 2019  | Sem Comentarios




Durante o expediente da Sessão Ordinária de ontem, o Presidente informou que seria concedido o espaço ao Secretário de Governo, Deza Soares, referente a solicitação do ofício nº 014/2019 para tratar sobre ações do governo municipal.

Com uso da palavra, o Secretário Francisco Claudovino iniciou falando sobre os índices apresentados na sessão anterior, entendendo que o governo estar no caminho certo. Mas antes solicitou permissão para fazer registro do termo de audiência do processo requerido pelo jurista Raimundo Soares em desfavor do Secretário. 

O Presidente questionou se não seria apropriado a solicitação de um espaço para tal, o Secretário afirmou que se tratava de uma determinação judicial e acharia melhor, pois iria fazer uma leitura do termo de audiência. 

O secretário fez a leitura do termo, onde se retratou sobre as acusações da prática de desvio de finalidade, afirmando que não tinha conhecimento de desvio de função tenha sido praticado pessoalmente pelo jurista Raimundo Soares Filho. Que não tem conhecimento sobre desvio de recursos públicos em seu proveito pessoal pelo mesmo.

Em ocasiões anteriores o secretário confessou que a gestão praticou desvios de função e que era um mal necessário e que o jurista quando exerceu o cargo também “praticou os mesmos atos e com desvios de recursos”, para evitar o pagamento de uma indenização de 10 mil reais o secretário se retratou, já que não tinha prova do que falou.

O Secretário continuou informando que irá representar contra a mesa diretora por negar espaço na sessão passada. Que entendeu como um ato ditatorial, retrógado e antidemocrático, implantado aleatoriamente sem nenhuma fundamentação. O Presidente interveio e solicitou que o mesmo se detivesse ao tema para que o espaço fora solicitado. Justificou que todos os espaços pedidos pelo Secretário foram atendidos. Que o Secretário já havia feito sua defesa na sessão do dia 27/11/2019 sobre as acusações. O Vereador Devaldo apoiou a atitude do Presidente, mas que isso seja feito com todos os oradores que venham utilizar o espaço.

O Presidente Adeilton se colocou decepcionado com as acusações feitas pelo Secretário Deza Soares, onde alega que os trabalhos estão sendo conduzidos a “mão de ferro”, que não escutamos o povo. Afirmou que é decepcionante tais acusações, vinda de uma pessoa que conhece os tramites no legislativo e no executivo, que tem quase 30 anos de experiência no setor púbico. E mais vinda de um secretário que mais utilizou a tribuna da Câmara. 

Afirmou que o Secretário utilizou o espaço por 5 vezes somente esse ano. Que a presidência concedeu espaço todas as vezes que entendeu necessário, simplesmente indeferiu o espaço para uma defesa que já havia feito na sessão do dia 27/11/2019. Como foi informado pelo Vereador Antônio que ajuizou denúncia sobrea as acusações de acumulo ilícito de vencimentos por parte do Secretário, entende que não cabe espaço para defesa, que o mesmo deverá se defender na justiça. Sobre não escutar o povo, afirmou que a Câmara tem escutado até além do necessário. Que todas as ações desenvolvidas são pedidas pela população. 

Que infelizmente alguns denunciam e depois volta atrás, que diante das regalias do poder acabam calando, passam a elogiar o que antes era errado. Dizer que a Câmara não escuta o povo é balela, é mentira. Falou que esperava muito mais sobre a vinda do Secretário na Câmara. Que esperava mais ações do governo, em especial da secretaria que o mesmo é titular. 

Que o Deza de hoje nada tem a ver com o Deza de ontem. Que o mesmo se tornou governo há mais de 6 anos e as ações que tem feito é muito negativo para a imagem política dele. O Deza cobrador, projetista, idealizador, hoje não vemos mais. O homem que por anos fez da revitalização da Lagoa Santa Tereza bandeira de campanha política, nem se quer o projeto arquitetônico conseguiu fazer. Não consegue fazer um projeto de algo que defendeu quase que por toda sua vida pública. Que a decisão de voltar a escola é a mais acertada, não se deve servir a um governo que não tem ações efetivas para o melhoramento da vida de nossa gente. 

Citou que ficou entristecido em ver o Secretário usar a tribuna para relatar números da secretaria de saúde, de educação como se não tivesse titulares nessas pastas, o que chamou de algo muito lamentável. Informou que está trabalhando na maior sensatez possível, com total imparcialidade, em respeito a todos. Mas se o Secretário irá representar contra a decisão da presidência de não conceder espaço de defesa de algo já defendido, irá se defender, se Deza estar escolhendo alguém para descarregar de certo modo suas decepções que vem sofrendo no governo, iremos assumir nossas responsabilidades, entendendo que o Secretário tem muito mais coisa para se preocupar do que recorrer na justiça em busca de um espaço que já foi concedido.

Com informação portal da Câmara Municipal de Altaneira

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top