Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

terça-feira, 19 de março de 2019

PDT decide votar contra a reforma da Previdência e vai punir quem desobedecer decisão

Publicado por Junior Carvalho As terça-feira, 19 de março de 2019  | Sem Comentarios


O Partido Democrático Trabalhista (PDT) decidiu fechar questão contra a reforma da Previdência durante a Convenção Nacional do Partido realizada nesta segunda-feira (18), em Brasília. O partido quer que todos os parlamentares da sigla no Congresso Nacional votem contra a proposta. O deputado ou senador que votar a favor da proposta do governo Jair Bolsonaro pode ser punido. Ciro Gomes não compareceu à reunião da sigla, mas enviou um vídeo no qual afirma ser necessário mostrar à população “as perversidades” da reforma da Previdência.
Atualmente, o PDT tem 28 deputados federais e quatro senadores. Para aprovar a reforma na Câmara, são necessários os votos de, no mínimo, 308 dos 513 deputados, em dois turnos de votação. No Senado, são 49 votos de 81 senadores, também em duas votações.
O partido entendeu ser necessário fechar questão contra a reforma e marcar posição na “luta contra os retrocessos”. A decisão frustrou o movimento que estava acontecendo na Câmara dos Deputados para a formação da comissão especial que irá discutir a reforma da Câmara. O deputado Mauro Benevides Filho (PDT-CE), economista da campanha presidencial de Ciro Gomes, era forte candidato para assumir a presidência do colegiado, agora a indicação ficou mais difícil de ter apoio da base aliada.




Informações Ceará Agora 

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top