Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

thumbnail

Pesquisa Datafolha: Bolsonaro para de crescer e Haddad encosta

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios




O resultado da pesquisa Datafolha de candidatos a presidente desta sexta, 28 de setembro (28/09) foi divulgada no Jornal Nacional, da TV Globo.
Jair Bolsonaro (PSL), marcou a mesma pontuação da última pesquisa, com 28% de intenções de voto. Fernando Haddad (PT) demonstrou crescimento de 6%, chegando ao 22%.
Ciro Gomes (PDT) oscilou para baixo, e marcou 11%. Geraldo Alckmin (PSDB) subiu 1 ponto, chegando a 10%. Marina continuou em queda, com apenas 5% de intenção de voto.

Confira abaixo a pesquisa, divulgada nesta sexta-feira, 28.


Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 22%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 10%
Marina Silva (Rede): 5%
João Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Vera (PSTU): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 1%
Não sabe/não respondeu: 5%

A margem de erro é de 2 pontos, para mais ou para menos. 
A pesquisa ouviu 9 mil eleitores entre quarta-feira, 26, e sexta-feira, 28, e está registrada no TSE como BR-08687/2018. O nível de confiança da pesquisa é de 95%.

Informações O Povo

Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

Ex-mulher de Bolsonaro acusou candidato de furtar cofre e de ‘desmedida agressividade’

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


A separação litigiosa entre o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, e sua ex-mulher, além da disputa pela guarda do filho do casal, incluiu também acusações de furto de cofre, ocultação de bens e relatos de “comportamento explosivo” e “desmedida agressividade” por parte do presidenciável.
As informações constam de um processo de cerca de 500 páginas obtido pela revista Veja e revelado na noite dessa quinta-feira, 27. No documento, Ana Cristina Siqueira Valle acusou seu ex-marido de ocultar milhões de reais em patrimônio pessoal na prestação de contas à Justiça Eleitoral em 2006, quando foi candidato a deputado federal — e eleito em seguida.
Segundo a revista, Ana Cristina também acusou o ex-marido de furtar US$ 30 mil e mais R$ 800 mil — sendo R$ 600 mil em joias e mais R$ 200 mil em dinheiro vivo — de um cofre que ela mantinha em agência do Banco do Brasil, em 26 de outubro de 2007. O caso resultou em um boletim de ocorrência registrado na 5ª Delegacia de Polícia Civil, no mesmo dia. A ex-mulher também disse no processo que a renda mensal do deputado na época chegava a R$ 100 mil.
Para tal, Bolsonaro recebia “outros proventos” além do salário de parlamentar — à época, segundo a Veja, de R$ 26,7 mil como parlamentar e outros R$ 8.600 como militar da reserva. Ela não especificou quais seriam as fontes extras. Em janeiro deste ano, o Jornal Folha de São Paulo mostrou o aumento de patrimônio registrado por Bolsonaro e seus filhos — e como adquiriu imóveis por preços abaixo do valor de mercado.
As acusações da ex-mulher descritas no processo obtido pela Veja incluem o caso revelado pelo Jornal Folha de São Paulo sobre a disputa da guarda do filho do casal, Jair Renan. Ana Cristina afirmou, segundo documentos obtidos no Itamaraty, que ela sofria ameaças de morte de Bolsonaro. Em 2009, teria fugido para a Noruega por medo do deputado. A narrativa de Ana Cristina foi confirmada à Folha por brasileiros que conviveram com a ex-mulher de Bolsonaro naquele país.
Conforme também revelou o Jornal Folha de São Paulo, Bolsonaro acionou o Itamaraty devido à disputa de guarda entre o casal, que acontecia em paralelo ao desenrolar do caso do cofre. Segundo a revista Veja, enquanto a ex-mulher o acusava de furto do cofre, o deputado dizia que Ana Cristina tinha sequestrado o filho Jair Renan. Atualmente, Ana Cristina usa o sobrenome Bolsonaro e é candidata a deputada federal pelo Podemos. Hoje ela nega as acusações — diz que foram excessos na separação — e defende o ex-marido.
Ana Cristina também reagiu de forma negativa à reportagem do Jornal Folha de São Paulo que revelou as ameaças de morte relatadas por ela ao Itamaraty. Em vídeo divulgado nas redes sociais, a ex-mulher do deputado chamou o jornal de “sujo” e se colocou à disposição de Bolsonaro para ajudá-lo a se tornar presidente.
Em vídeo divulgado nas redes sociais, a ex-mulher do deputado chamou o jornal de “sujo” e se colocou à disposição de Bolsonaro para ajudá-lo a se tornar o próximo presidente do Brasil. A separação de Bolsonaro e da ex-mulher foi oficializada em 2008, depois de dez anos em que o casal ficou junto.
Em relação à acusação de furto do cofre, Ana Cristina foi chamada a depor duas vezes pela polícia, mas não compareceu — em 2017, o caso foi encerrado sem esclarecimento. Questionada pela revista Veja, Ana Cristina se esquivou e não explicou sobre como resolveu o litígio com Bolsonaro e passou a apoiá-lo publicamente.
“Quando você está magoado, fala coisas que não deveria”, limitou-se a dizer. Sobre as joias, a ex-mulher de Bolsonaro disse que eram coisas que havia juntado após ganhá-las de Bolsonaro. Questionada sobre por que não atendeu às convocações para depor na polícia, Ana Cristina respondeu: “Não lembro. Fiquei quieta”. Por quê? “Não me sentia à vontade. Iria dar um escândalo para ele e para mim. Deixei para lá”, disse à revista Veja. “Nós dois tínhamos um acordo de abrir mão de qualquer apuração porque não seria bom.” Procurado, Bolsonaro não quis dar entrevista. ​






Informações Ceará Agora
Mais informações »

0 comentários:

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

thumbnail

MPCE lança campanha de incentivo ao voto para pessoas idosas e com deficiência

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Acidente do Trabalho, Defesa da Cidadania, do Idoso, da Pessoa com Deficiência e da Saúde Pública (CAOCidadania), do Centro de Apoio Operacional Eleitoral (Caopel) e da Promotoria do Idoso e da Pessoa com Deficiência, lança a campanha “O seu voto tem poder”, que tem como objetivo incentivar pessoas idosas e com deficiência a exercerem o seu direito ao voto nessas eleições. Com dicas, curiosidades e depoimentos de pessoas que se enquadram no perfil, a campanha será veiculada nas redes sociais do MPCE.
Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral, o Ceará possui 6.344.482 eleitores, sendo 1.078.522 idosos (com 60 anos ou mais) e 487.539 com 70 anos ou mais, representando 7,68% da população. Segundo a Constituição Federal, o alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para os eleitores maiores de 18 anos, sendo facultativo para os analfabetos e os maiores de 70 anos, bem como para os maiores de 16 e menores de 18 anos. De acordo com informações do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, no caso de pessoas com deficiência, o Ceará possui 47.014 eleitores (quase 5% dos 940.613 eleitores brasileiros). Se enquadram nesse perfil pessoas com deficiência de locomoção, visual, auditiva, com dificuldade de exercer o voto e outros tipos, como intelectual.
“Essas pessoas têm capacidade e direito ao voto. A gente precisa estimulá-las para tirar seus títulos, exercer a cidadania e participar do processo de seleção dos representantes da República”, diz Hugo Porto, coordenador do CAOCidadania e promotor de Justiça. A ideia, segundo ele, é mobilizar esses cidadãos e fazer com que eles sejam atores do processo de transformação do País.
Para Magda Kate, promotora de Justiça do Núcleo de Defesa do Idoso e da Pessoa com Deficiência, a participação de todos no processo eleitoral torna no cidadão mais consciente de seus direitos e do seu papel na sociedade. “Ao idoso com 70 anos, a quem o voto é facultativo, essa participação tem um significado ainda maior, mostrando a necessidade de se construir políticas públicas que tratem, com dignidade e proteção, o envelhecimento populacional”.
Emmanuel Girão, promotor de Justiça e coordenador do Caopel, sugere que as pessoas idosas e com deficiência escolham candidatos comprometidos e com propostas voltadas para as duas causas. “A única forma de melhorar a situação dessas pessoas é através das políticas desses candidatos. Quando o eleitor não participa, não vota, ele deixa que outra pessoa decida e escolha as mudanças no seu lugar”, completa.
A campanha será veiculada ao longo dos meses de setembro e outubro, durante o período eleitoral.


Informações Ministério Público do Estado do Ceará
Mais informações »

0 comentários:

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

thumbnail

Cid não cometeu crime ao chamar Temer de chefe de quadrilha, decide juiz

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Juiz da 15ª Vara Federal de Brasília, Francisco Codevila rejeitou uma queixa-crime apresentada pelo presidente Michel Temer (MDB) contra o ex-governador do Ceará, Cid Gomes (PDT), candidato ao Senado nas eleições deste ano. Para o magistrado, Cid não cometeu crime ao chamar Temer de chefe de quadrilha durante o ato em que se filiou ao PDT, em 2015. Na ocasião, Temer era vice-presidente de Dilma Rousseff, de quem o ex-governador foi ministro da Educação.
“Muito menos o Brasil pode avançar se entregar a Presidência da República ao símbolo do que há de mais fisiológico e podre na política brasileira, que é o PMDB liderado por Michel Temer, chefe dessa quadrilha que achaca e assola o nosso país”, afirmou Cid na época.
Em julho de 2016, o ex-governador foi condenado pela 4ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal a pagar R$ 40 mil a Temer por danos morais. Na ocasião, os desembargadores do colegiado decidiram aceitar um recurso da defesa do presidente para reformar uma decisão da juíza Fernanda Almeida Coelho de Bem, que sustentou o direito de Cid à livre manifestação de pensamento ao falar sobre o emedebista.
Cid Gomes deixou o Ministério da Educação em abril de 2015, menos de quatro meses após ter assumido a pasta. Chamado à Câmara para explicar a declaração de que havia uns “300, 400 achacadores” na Casa, Cid não se desculpou com os deputados e reiterou a acusação. Teve sua demissão anunciada ainda no plenário pelo então presidente da Câmara, Eduardo Cunha (MDB-RJ), atualmente preso em Curitiba.
Na decisão sobre o processo criminal, o juiz Francisco Codevila disse que a honra não precisa ser tutelada pelo Direito Penal e que a Constituição assegura a liberdade de manifestação do pensamento como direito fundamental. No entendimento dele, não é razoável que alguém perca a liberdade ou tenha seus direitos restringidos por dizer o que pensa, ainda que de alguma forma suas expressões possam macular a honra ou a imagem da outra pessoa. As informações foram divulgadas em primeira mão pelo site Jota.
Segundo o magistrado, não faz sentido criminalizar condutas que não ofendam os bens essenciais à vida digna do indivíduo, como a honra. Para Codevila, a indenização civil, já determinada pela Justiça, é adequada e suficiente para reparar o dano individual e prevenir novas condutas.





Informações Ceará Agora
Mais informações »

0 comentários:

terça-feira, 25 de setembro de 2018

thumbnail

Cid tem eleição tranquila, mas corrida à 2ª vaga ao Senado Federal apresenta 49% de votos soltos

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


A corrida pela segunda vaga ao Senado é confortável para Eunício Oliveira, mas o emedebista precisa intensificar a caminhada porque, pelos números do Ibope, 22% dos eleitores admitem que votariam em branco ou anulariam o voto e outros 27% não quiseram ou não souberam responder. Ou seja, quanto à segunda vaga ao Senado Federal, 49% dos votos estão soltos.
Eunício tem 39% de apoio eleitoral, enquanto os concorrentes – Eduardo Girão, do PROS,   citado por 10% dos eleitores, e a candidata Mayra Pinheiro, do PSDB, que atrai apoio de 9% dos entrevistados, estão bem longe, mas ainda tem terreno para conquistar votos.  Eunício está bem à frente, olha pelo retrovisor e não enxerga sombra de Girão e Mayra, mas isso não significa vitória antes do tempo.
Faltam 10 dias para o primeiro turno e, nesse intervalo, Eunício não pode cochilar e deve mobilizar as lideranças políticas municipais e  os candidatos à Assembleia Legislativa e Câmara Federal, com ampla articulação do Governador Camilo Santana, para selar, em uma semana, a vitória à reeleição.

Informações Ceará Agora 
Mais informações »

0 comentários:

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

thumbnail

Cid diz que candidatura de Haddad é ‘artificial’

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Durante comício na cidade de Camocim, na noite desse sábado, 22, o candidato do PDT ao Senado, Cid Gomes, fez críticas à candidatura de Fernando Haddad (PT) à Presidência da República. “É uma candidatura artificial. A candidatura do PT representa o lado ruim do que foi o bom governo do presidente Lula”, declarou.
Cid criticou ainda a corrupção dentro do governo petista. “Os partidários do Lula colocaram a mão no bolso de muita repartição pública. Isso que fez que descambasse o Brasil”. O ex-governador disse que a única saída para o Brasil é a eleição de Ciro. “É o único que se preparou a vida inteira para esse desafio. Tem a competência para fazer o melhor para o país”, finalizou.
Mais de 5 mil pessoas ouviram a fala de Cid em Camocim. Estavam presentes o deputado Sergio Aguiar (PDT), a prefeita da cidade, Mônica Aguiar (PDT), o deputado federal Leônidas Cristino (PDT) e lideranças políticas de toda a Região Norte.



Informações Ceará Agora 
Mais informações »

0 comentários:

sábado, 22 de setembro de 2018

thumbnail

Guilherme Landim discursa em Altaneira

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Ao lado de várias lideranças, do vice-prefeito, Charles leite,  presidente da Câmara, Antonio Leite,  vereadores, Valmir Brasil, Flavio Correia, Cier Basto, ex-prefeito Ivan Alcântara, ex- vice - prefeito Mundim Soares, presidente do Sindicato dos Trabalhadores rurais de Altaneira, Iran Amorim e simpatizantes, o ex-prefeito Delvamberto Soares apresentou em Altaneira na noite de hoje (22/09),  seu candidato Estadual Guilherme Landim. O evento foi realizado no Mac Eventos e o cerimonialista foi o Professor Clécio Sousa.



Vice - Prefeito Charles Leite agradeceu a todos e todas pela presença, falou do compromisso do candidato Deputado  Estadual Guilherme Landim, que quando assumir Assembléia irá ajudar o povo altaneirense, pediu aos amigos o apoio ao jovem candidato.



Em seguida o Presidente da Câmara  Antonio Leite, disse buscar na pessoa do Guilherme Landim melhores dias para povo, "sabemos de seu trabalho como Prefeito de Brejo Santo, sabemos que apoiando você é a certeza de um deputado na Assembléia com compromisso, agradeço o apoio de todos que compareceram ao encontro". Finalizou



Logo após usou a palavra o ex - prefeito  Ivan Alcântara, na oportunidade enfatizou  a pessoa humana do Guilherme Landim, "com a liderança do ex - prefeito Delvamberto Soares e seu genro Palito Soares e demais licenças vamos fazer uma campanha limpa, conheço  de perto a família do candidato a Deputado, fez um grande trabalho em Brejo Santo".

Ainda parabenizou Delvamberto pela decisão de escolher um jovem trabalhador para representar Altaneira na Assembleia Legislativa.



Ex - prefeito Delvamberto Soares agradeceu a todos e todas pela presença, lamentou atual momento como também a falta de reconhecimento de alguns, lembrou da primeira campanha onde perdeu com menor números de votos e em seguida ganhou com maior número de votos, "agradeço o carinho e coragem dos amigos, a gente sente a perseguição do poder, infelizmente isso vem acontecendo em nosso município, mas o nosso desafio é trabalhar pelo seu nome Guilherme Landim, seu execelente  trabalho como prefeito em Brejo Santo, é aprova que irá realizar um grande trabalho na Assembleia Legislativa."

Lembrou ainda que quando Prefeito fez uma grande administração com ajuda do ex - Governador Cid Gomes e do atual Governo Camilo Santana. 



Candidato à Deputado Estadual Guilherme Landim, foi o último usar a palavra, primeiro agradeceu a todos e todos pela presença,  lembrou da grade administração do ex- prefeito Delvamberto Soares em Altaneira, " me sinto feliz em ser apoiado por você e todos de seu grupo."

Falou do atual momento da política, criticou candidatos que recebem os votos das pessoas e depois não aparece para honrar o voto que recebeu, lembrou que em reunião com o grupo de Delvamberto, que todos só pediram trabalho e compromisso com o povo altaneirense.

Ainda lembrou que foi Prefeito muito novo, que no tempo foi questionador pela pouca idade, mas que com todas dificuldades se elegeu e realizou uma grande gestão,  inclusive referência na educação.

Ressaltou que ainda não teve oportunidade de ajudar o povo  de Altaneira, mas tem parceria com alguns municípios, " peço voto de confiança, faço hoje um compromisso de ajudar o povo altaneirense no que for necessário, junto com Governador Camilo Santana  vamos ajudar no desenvolvimento do município de Altaneira, vai voltar o bom tempo quando Devamberto era prefeito". Afirmou 

"Vamos debater idéias e vamos a lutar junto a uma grande vitoria". Finalizou Guilherme Landim 

Garoto Beleza fez a cobertura ao vivo

Confira imagens do encontro:











Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

Anderson Palácio e Idilvan Alencar participam de caminhada em Altaneira

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios




O empresário Ricardo Arrais e lideranças de seu grupo político receberam na noite de ontem (21/09) o candidato a deputado federal Idilvan Alencar (PDT) e o candidato deputado estadual Anderson Palácio (PPS).

Em seu discurso Ricardo Arrais agradeceu a participação voluntária de todos, enalteceu a qualidade dos seus dois candidatos e falou da felicidade em ter feito a melhor escolha, não somente para o seu grupo político, como também para toda Altaneira.

O vereador Adeilton enalteceu a posição política e social que Ricardo tem adotado e a liderança que exerce dentro do grupo, principalmente pela humildade e companheirismo.

Adeilton ressaltou ainda as contribuições já efetivadas por Idilvan para Altaneira e para o Ceará, mesmo sem exercer mandatos.

“Idilvan e Anderson não é candidato meu, nem de Ricardo, nem de Dorival, são candidatos que podem fazer muito pelo nosso estado e por nossa Altaneira”, disse o vereador.

Anderson Palácio falou de sua origem humilde, de que conhece bem Altaneira e região, que quer ser o deputado do social, para fazer um trabalho diferenciado na região. Pediu o apoio dos altaneirenses e voto para Idilvan, Cid e Camilo, deixando a segunda vaga para senador a escolha do grupo, também não pediu voto para presidente.


Idilvan Alencar citou realizações como secretário de educação do estado e a luta que sempre exerceu pela educação, por acreditar que essa é uma pauta universal. Defendeu o repasse de 60% dos recursos do precatório para os professores. Afirmou que esse dinheiro deve ser do professor, pois sofreram os prejuízos na época. Criticou a atual conjuntura da câmara federal, que em seus mais de 100 anos de existência essa foi o pior legislativo da história. Se colocou com a intenção de defender os direitos adquiridos e de lutar por um novo tempo, por mais educação de qualidade.


Prestigiaram o ato o prefeito de Assaré, Evanderto Almeida, o ex-prefeito Antonio Dorival, o vereador Devaldo Nogueira (MDB) a ex-presidente da Câmara Lélia de Oliveira e outras lideranças políticas locais e regionais.

O vereador Professor Adeilton em contato com a administração do Blog avaliou como muito positivo o ato e disse ter alegrado o seu coração “com uma grande participação popular de pessoas que ainda acreditam na boa política e têm esperança em ser bem representados na câmara federal e estadual”.

Na última Sessão da Câmara Adeilton disse que atual momento político o entristece, mas que voltou a se alegrar com a participação popular espontânea.

Dezenas de motociclistas seguiram acompanhando a caminhada dos candidatos da oposição em Altaneira.






Informações Blog de Altaneira
Mais informações »

0 comentários:

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

thumbnail

Em 1º debate como candidato, Haddad sofre ataques de Alckmin, Ciro, Dias e Meirelles em debate

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad participou de seu primeiro debate de campanha nessa quinta-feira, 20, na TV Aparecida. O ex-prefeito de São Paulo se dedicou a exaltar os governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ouviu críticas de Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB).
Em um debate no qual não se podia escolher qual adversário enfrentar – os autores de perguntas e respostas foram escolhidos por sorteio –, os candidatos aproveitaram as oportunidades disponíveis para antagonizar com rivais. Foi o que fez Alckmin quando teve que responder uma pergunta de Haddad sobre o apoio do PSDB ao governo de Michel Temer (MDB).
O tucano defendeu a reforma trabalhista e, com a ausência de Jair Bolsonaro (PSL) – ainda internado devido ao ataque a faca sofrido no dia 6 de setembro –, aproveitou para tentar se colocar como o principal candidato anti-PT. Culpou o partido pelo desemprego no país, afirmou que o PT quebrou o país e que a legenda escolheu Temer para ser vice de Dilma.
Haddad respondeu dizendo que “quem se uniu ao Temer para trair a Dilma foi o PSDB”, em sua única menção à ex-presidente no debate, e ouviu de volta que o PT “lança candidatura na porta de penitenciária” em vez de fazer autocrítica.
Já Ciro Gomes, que disputa com Haddad o eleitorado órfão de Lula, perguntou ao adversário porque o povo deveria acreditar na reforma tributária proposta pelo PT, que não a fez enquanto esteve no poder. “Lula fez uma das maiores reformas tributárias às avessas no país, que foi colocar o pobre no orçamento”, respondeu Haddad, citando uma série de programas sociais petistas.
Coube a Alvaro Dias fazer o ataque mais duro a Haddad, a quem chamou de ‘porta-voz da tragédia” e “arauto da intolerância”. O petista disse que o candidato do Podemos desconhecia a “realidade brasileira”. Meirelles também criticou o PT, dizendo que a atual crise econômica “foi criada pelo Governo da Dilma” e “construída pela aplicação do programa do PT”. Haddad respondeu que os governos Lula e Dilma criaram milhões de empregos e criticou a “ingratidão” de Meirelles, que foi presidente do Banco Central sob Lula.
Bolsonaro, vice e economista são criticados
Mesmo com a liderança no Datafolha de quinta-feira, 20, com 28%, Bolsonaro não foi alvo preferencial dos adversários, sendo citado nominalmente apenas por Marina Silva (Rede) e Meirelles. Guilherme Boulos (PSOL) fez alusão indireta a Bolsonaro ao citar o movimento de mulheres “Ele não”, que se opõe ao candidato do PSL.
Marina e Meirelles fizeram críticas a Bolsonaro por meio de Paulo Guedes, guru econômico do candidato do PSL, que segundo notícia da Jornal Folha de São Paulo quer criar um imposto nos moldes da antiga Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).
Bolsonaro desmentiu publicamente a ideia, e a divergência foi explorada por Marina, que se disse contra a volta do tributo. “Já no começo da história eu vejo que está tendo um incêndio no Posto Ipiranga. Alguma coisa está acontecendo lá, porque eles não estão se entendendo”, disse Marina, em alusão ao apelido usado por Bolsonaro para falar de Guedes. “Você tem que saber o que quer fazer, para onde quer ir.”
Meirelles foi ainda mais incisivo. “A CPMF é um exemplo do que não pode ser feito, é um exemplo do resultado de alguém que não tem preparo para administrar o país, e principalmente que não tem preparo em economia”, afirmou. Na tréplica, Marina chamou de “declaração desastrosa” a frase do vice na chapa de Bolsonaro, Hamilton Mourão, de que casas com “mãe e avó” são “fábrica de desajustados”.
“Essa visão de política e de país tem que ser combatida. Nós temos que acabar com a ideia de ficar entre a cruz e a espada, entre a violência e a corrupção, entre o cinismo e a atitude que enfrenta os problemas de frente.”
Fim das polarizações
Ao longo do debate, Ciro Gomes buscou se apresentar como o candidato capaz de quebrar o ciclo de polarização política, dizendo que PT e PSDB adotaram as mesmas práticas de “cooptação” de políticos e ocupação de cargos públicos. Para o candidato, o povo deve eleger “ideias, e não caudilhos”.
No fim do debate, Alckmin também quis se colocar como alternativa a uma polarização entre o PT e “os que têm medo da volta do PT e estão indo para uma aventura, um modelo autoritário e intolerante”. “Agora é a hora de fazer uma grande conciliação nacional”, afirmou o tucano.
Os candidatos usaram referências religiosas em diferentes momentos do debate, promovido por uma emissora católica. Logo no início, Boulos afirmou que a luta do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), do qual ele é coordenador, se inspira na mensagem dos “três Ts” do papa Francisco: teto, terra e trabalho.
Já Marina Silva, ao falar sobre corrupção, disse que a prática causou indignação a Jesus, que com um chicote expulsou aqueles que profanavam um templo. Alvaro Dias falou sobre o respeito à dignidade humana e disse que o Brasil é um país de “várias crenças, de várias religiosidades”. Fernando Haddad agradeceu aos bispos católicos por se manifestarem contra a reforma trabalhista.
As TVs que organizam debates são obrigadas, por lei, a convidar os candidatos cujos partidos ou coligações têm ao menos cinco parlamentares no Congresso Nacional. Cabo Daciolo (Patriota) não compareceu porque diz estar em período de “jejum e oração” até o dia 26. Além dos sete participantes do debate, de Bolsonaro e de Daciolo, disputam a Presidência mais quatro candidatos: Eymael (DC), João Amoêdo (Novo), João Goulart Filho (PPL) e Vera Lúcia (PSTU).



Informações Ceará Agora
Mais informações »

0 comentários:

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

thumbnail

Pesquisa Datafolha mostra Bolsonaro com 28%, Haddad com 16% e Ciro com 13%

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


O  Instituto Datafolha divulgou,  na madrugada desta quinta-feira, uma nova pesquisa sobre as intenções de votos à Presidência da República. A pesquisa mostra o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, com 28% das intenções de voto, seguido por Fernando Haddad (PT),  16%, e Ciro Gomes (PDT),  13%, Geraldo Alckmin,  9%, mesmo índice da semana anterior, e Marina Silva (Rede), que oscilou de 8% para 7%.
Em relação ao levantamento anterior, divulgado no dia 14, Bolsonaro oscilou dois pontos para cima, e Haddad subiu três. Ciro manteve o mesmo percentual.  Os candidatos do PT e do PDT permanecem em empate técnico, já que a margem de erro do levantamento é de dois pontos porcentuais.
Segundo a pesquisa do Datafolha, Álvaro Dias e Amoedo, tem, cada um, 3% das intenções de votos, enquanto Henrique Meireles, Boulos e Vera, aparecem com 1%. Os candidatos Cabo Daciolo, Vera, Eymael e Goulart Filho não pontuaram. Entre os eleitores entrevistados, 12% declararam que irão anular o voto ou votar em branco, enquanto 5% se colocam como indecisos.
De acordo com o Datafolha,  Bolsonaro se manteve na liderança do quesito rejeição, com 43%, seguido de Marina (32%) e Haddad. O petista viu sua rejeição subir de 26% para 29%. Nas simulações de segundo turno, Ciro é o único que fica à frente de Bolsonaro, com o placar de 45% a 39%. Em um confronto entre os candidatos do PT e do PSL, haveria empate, com 41% para cada um.
A pesquisa,  contratada pelo Jornal Folha de São Paulo e pela TV Globo,  ouviu 8.601 pessoas de 323 municípios na terça e na quarta-feira e tem  registro na Justiça Eleitoral   sob o protocolo BR-06919/2018.

Informações Ceará Agora 
Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

Corrupção, transportes e Lei Orgânica foram temas da sessão ordinária

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Na sessão ordinária de ontem (19/09),  os vereadores da Câmara Municipal de Altaneira receberam a presença do secretário de governo Deza Soares que tentou explicar que não disse que a Lei Orgânica não vale de nada, lamentou que o presidente da Câmara, Antonio Leite, os vereadores, Flávio Correia, Adeiilton Silva e Devaldo Nogueira tenham acreditado e feito acusações sem provas.

Os vereadores disseram que não acusaram de nada, que de fato está dizendo são os universitários que estavam na reunião, Adailton criticou o Governo por não ter feito convite para os vereadores participar da reunião, já o presidente da Câmara, disse que inclusive na última terça-feira os universitários reafirmaram no próprio gabinete do secretário que ele realmente falou que a Lei Orgânica não vale de nada. 

O vereador Flávio Correia disse que sobre o hasteamento das bandeiras é coisa ultrapassada, "quem quer nossa presença manda convite, o governo não tem humildade de dizer que errou, sobre os universitários  era pra ser problema resolvido, não tem transporte porque existe corrupção nesse governo, não existe as necessidades do povo, porque esse governo só faz ações desastrosas, anda dizendo que o vereador Flávio e Antonio Leite, queriam prejudicar o prefeito, mentira, todos os Projetos foram aprovados, esse governo tem um título "nas mãos do povo", mas está mais para dia primeiro de abril, é muita mentira nesse governo, passamos um ano e meio tentando dialogar, mas que esse governo só vai na justiça".
Ainda destacou os gastos misteriosos com ambulância do municio, que hoje se encontra acabada, relatou também que um motorista de um Micro Ônibus mostrou a porta amarrada com uma corda, Lembrou que uma testemunha na semana passada disse que os pneus em uma duas viagens estouravam, afirmou que isso deve ser investigado, Flávio relatou que tem secretária que anda dizendo na rede social, que os vereadores ocupavam três carros por dia, "ora se esse prefeito foi quem se promoveu em cima da máquina pública, encerro dizendo que alguns da casa legislativa parece que estão contaminados com a má gestão". Finalizou 
Mais informações »

0 comentários:

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

thumbnail

Pesquisa Ibope: Haddad cresce 11 pontos e se isola em 2º lugar; Bolsonaro mantém liderança

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios




Nova pesquisa do Ibope foi divulgada na noite desta terça-feira, 18, mostra crescimento de Fernando Haddad (PT), que cresceu 11 pontos e assumiu o segundo lugar com 19% das intenções de voto. Jair Bolsonaro continua na liderança, agora com 28%.
 
Ciro Gomes (PDT) manteve a marca da última pesquisa, 11%. Geraldo Alckmin (PSDB) perdeu dois pontos e foi a 7%. Marina Silva (Rede) caiu três pontos, marcando apenas 6%.
Confira os números da pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira, 18: 
 
Jair Bolsonaro (PSL): 28%
 
Fernando Haddad (PT): 19%
 
Ciro Gomes (PDT): 11%
 
Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
 
Marina Silva (Rede): 6%
   
Alvaro Dias (Podemos): 2%
 
João Amoêdo (Novo): 2%
 
Henrique Meirelles (MDB): 2%
 
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
 
Vera (PSTU): 0
 
Guilherme Boulos (PSOL): 0
 
João Goulart Filho (PPL): 0
 
Eymael (DC): 0
 
Branco/nulos: 14%
 
Não sabe/não respondeu: 7%
 
 
O Ibope ouviu 2.506 pessoas de 16 a 18 de setembro em 177 municípios. A margem de erro estimada é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, com um nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-09678/2018.




Informações O Povo
Mais informações »

0 comentários:

terça-feira, 18 de setembro de 2018

thumbnail

Cai mais um Prefeito acusado de corrupção

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


O prefeito de Bela Cruz, Eliésio Rocha Adriano, foi afastado do cargo público na última sexta-feira (14/09) durante seis meses por determinação do Tribunal de Justiça do Ceará. A decisão foi requerida pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), em denúncia contra fraudes em contratações amparadas por decreto de emergência editado pelo prefeito, logo no início da sua gestão. Agora, um colegiado em sessão criminal decidirá sobre o recebimento da denúncia para dar início ao processo.

A Procap aponta que foram constatadas ilegalidades em contratos referente ao serviço de coleta de resíduos sólidos com as empresas Valetim Locação e Serviços LTDA e M. L. Mouta ME. “Conforme apurações realizadas pelo TCM e pelo MPCE, constatou-se montagem de procedimentos, direcionamento, emprego de pessoas físicas e jurídicas interpostas com o objetivo de ocultar a identidade dos reais beneficiários da fraude, superfaturamento e utilização das pessoas jurídicas apenas para viabilizar desvios de recursos, sendo o serviço integralmente prestado por moradores locais, escolhidos pelo Prefeito e seus indicados”, consta na denúncia apresentada à Justiça.

No afastamento liminar, o magistrado considera que “após diligência de busca e apreensão realizada na sede da Prefeitura foram encontrados novos contratos de dispensa de licitação baseados no decreto de emergência. Resta claro neste momento que o prefeito do Município de Bela Cruz sonegou informações durante a inspeção realizada na Prefeitura. (…) Ao que se percebe, o risco da permanência do senhor Eliésio Rocha Adriano na função de Prefeito continua a apresentar risco a instrução processual, que em breve se iniciará caso a denúncia já apresentada venha a ser recebida”.

O MPCE cumpriu no dia 29 de maio de 2017, mandados de busca e apreensão na Prefeitura de Bela Cruz com o objetivo apurar supostas fraudes em licitações com base em decretos de emergência executados no início de 2017.

Em 4 de julho do ano passado, foram cumpridos novos mandados de busca e apreensão da Prefeitura como parte de uma nova etapa de colheita de provas. Havia a suspeita de fraude, direcionamento, montagem e superfaturamento nos procedimentos destinados à contratação dos serviços de limpeza urbana, locação de veículos, transporte escolar e assessorias a diversas pastas do Município de Bela Cruz.
Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

Em reunião Prefeito de Altaneira Dariomar promete transporte e crítica universitários

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios

FOTO: João Alves

Na manhã de hoje (18/09), os universitários se reuniram com prefeito Municipal de Altaneira, Dariomar Rodrigues, para tratar sobre a falta de transporte.

A reunião ainda contou com a participação do secretário de Governo Deza Soares e da secretária de Educação Leocadia Nogueira.

O prefeito fez um relato dos gastos que tem com os transportes, das dificuldades que vem enfrentando, mas que já está organizando uma licitação para contratação dos transporte para suprir as necessidades dos universitários. 

Os universitários colocaram que a proposta da categoria que é dois transportes para o turno da noite. O prefeito informou que só poderia disponibilizar apenas um transporte, o que não foi aceito, o Prefeito Dariomar  não tendo outra saída, prometeu que a partir da próxima segunda o município irá disponibilizar dos dois transportes para o turno da noite. 

O Prefeito ainda criticou os universitários, " vocês querem ser estrelas". Estudante Regilane Gonçalves perguntou o que é ser "estrelas"?" O prefeito disse é querer tudo pra vocês e os outros se enterrem 

A universitária rebateu: " Estamos aqui sem saber se vamos para aula hoje, precisamos resolver nosso problemas, não estamos com chantagem, queremos resolver nossa situação, quem sabe da nossa realidade somos  a gente".  

Os universitários disseram que queriam apenas o que é de direito, o que está na Lei Orgânica.

Por sua vez, secretário de Governo Deza Soares, relatou também as dificuldades que  o município vem atravessando, criticou alguns universitários por terem afirmado que ele teria dito na última reunião  que a "Lei Orgânica não vale de nada",  Deza disse que não falou, alguns universitários mais uma vez afirmaram que o secretário realmente falou a frase infeliz.

A reunião foi registrada pelo João Alves




Mais informações »

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top