Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

terça-feira, 22 de maio de 2018

Debandada na oposição: Tasso lança general e se sente só após debandada do PSD e SD

Publicado por Junior Carvalho As terça-feira, 22 de maio de 2018  | Sem Comentarios


A dois meses das convenções para oficialização dos nomes dos candidatos às eleições deste ano, a  oposição  à sucessão do Governador Camilo Santana está mais magra. Duas siglas – SD e PSD, tidas como aliadas de primeira linha do PSDB e PROS, abandonaram a trincheira da oposição e caminham para entrar no grupo de partidos que dará sustentação à reeleição de Camilo Santana ao Governo. O palanque de Camilo ganha, também, o apoio do prefeito de Caucaia, Naumi Amorim (PMB). Os desdobramentos sobre a implosão do bloco oposicionista ganharam destaque, nesta terça-feira, 22, no Bate Papo do Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 24 emissoras no Interior) entre os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida.
O Solidariedade (SD), sob o comando do deputado federal Genecais Noronha, e o PSD, liderado pelo ex-vice-governador Domingos Filho, estavam até pouco tempo entre os partidos de oposição ao Palácio da Abolição.  Ambos são ligados ao presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB). Eunício, que tenta renovar o mandato, constrói uma aliança com o PT e o PDT em apoio à reeleição do Governador Camilo Santana. Eunício convenceu Domingos e Genecias a acompanhá-lo na aliança com o PT e o PDT.
As articulações de Camilo Santana, do ex-governador Cid Gomes e do senador Eunício Oliveira impõem o mais duro golpe na oposição que tenta viabilizar a candidatura do General Theophilo Gaspar à sucessão estadual. A saída do PSD e SD emagrece o tempo da propaganda da oposição no  rádio e na televisão e cria dificuldades para a eleição dos candidatos à Câmara dos Deputados e à Assembleia Legislativa.
O semblante das lideranças do PSDB, durante a reunião no escritório do senador Tasso Jereissati que marcou o lançamento da pré-candidatura de Theophilo, era de frustração e decepção com a ausência de dois nomes que há até duas semanas eram oposicionistas. Outro fator, além de questões locais, pesa na redefinição de rumos do SD e PSD: o desempenho do pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, contribui para o esvaziamento da oposição liderada pelo senador Tasso Jereissati.




Informações Ceará Agora

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top