Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Mesmo sem definições. As estratégias dos pré-candidatos de oposição ao Governo do Ceará

Publicado por Junior Carvalho As segunda-feira, 21 de agosto de 2017  | Sem Comentarios


Apesar do grande número de incertezas sobre a candidatura (ou múltiplas candidaturas) da oposição no Ceará, pretendentes ao cargo de Camilo Santana (PT) já deram largada clara na busca por se estabelecerem como nomes competitivos para a disputa do próximo ano.
Se o governador tem investido na entrega de obras, ações específicas para áreas críticas - como saúde e segurança - e na comunicação direta com eleitores, opositores também já quebram a rotina de olho na vaga.
Dono do cargo nacional mais influente no Ceará, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), tem apostado na agenda política de Brasília para alavancar candidatura ao governo. Nas últimas semanas, por exemplo, o senador tem buscado a imprensa para divulgar intervenções suas na política econômica do governo Michel Temer (PMDB).
Entre elas, Eunício destacou ter advogado em reuniões internas com o presidente contra o aumento de impostos no País. Ele também divulgou nota afirmando que o Senado não aprovará reajuste do salário mínimo inferior ao percentual da inflação.
Capitão Wagner (PR), por sua vez, tem investido na agenda de eventos pelo Interior do Estado. Neste fim de semana, por exemplo, o deputado passou o dia em Madalena, após já ter cumprido agenda em municípios diversos, desde Orós, Pacajus, Caucaia, Tauá, Crato e Juazeiro.
Na próxima semana, o deputado já tem visita agendada para a Região do Cariri, com um “aulão” em Juazeiro do Norte. “Através do contato com as pessoas, do Interior ou periferia de Fortaleza, temos oportunidade de vivenciar os problemas da população. É a partir dessa constatação que podemos buscar soluções mais práticas”, diz o deputado.
Presidente interino do PSDB durante licença de Aécio Neves (MG), o senador Tasso Jereissati também vive semanas de grande projeção nacional. Ele despontou sobretudo com a articulação de um movimento de autocrítica da sigla por conta de apoio ao que seriam “erros” do governo Temer.
A atuação do senador, no entanto, ainda tem se restringido a Brasília, com apenas alguns eventos pontuais de estruturação do PSDB cearense no Interior.
Correndo por fora na disputa, o empresário Geraldo Luciano tem investido na imagem de “outsider” da política tradicional, mas não tem dispensado oportunidades de holofotes.
Em visita do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), por Fortaleza na última sexta-feira, o diretor do grupo Dias Branco ocupou lugar dos mais privilegiados no evento, com direito a citação direta e elogios do prefeito tucano, que chegou a falar até sobre o possível futuro político do empresário.
O empresário, no entanto, ainda evita “oficializar” candidatura. “Não existe nada, nunca houve convite de nenhum partido, de nenhuma liderança. Seria uma honra”, disse. Ele evita também comparações com o prefeito de São Paulo. “Não vou me comparar com ele. Agora, sempre fui gestor, minha experiência é na gestão de empresas, seja na área pública ou privada”, afirma. (Carlos Mazza)


Via O Povo

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top