Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

domingo, 31 de janeiro de 2016

thumbnail

Petistas ratificam interesse em candidatura própria na Capital e Municípios

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Na Conferência Eleitoral do Partido dos Trabalhadores do Ceará, o coordenador da bancada cearense no Congresso Nacional, deputado federal José Airton Cirilo (PT-CE), defendeu na manhã ontem (30), a construção de uma unidade política entre os companheiros da legenda, com vista às eleições municipais desse ano.
O deputado enfatizou também que as lideranças petistas devam ressaltar para a população o legado dos governos do ex-presidente Lula e da presidenta Dilma.
O encontro no Hotel Praia Centro em Fortaleza, contou com a presença de parlamentares e prefeitos, sindicalistas, movimentos sociais, e com representantes de 120 municípios, que ao final do encontro ratificaram a tese de candidatura própria a prefeito nas principais cidades do Ceará.
O presidente do PT Fortaleza e deputado estadual Elmano Freitas considerou a atividade “importante para que o PT possa definir sua estratégia e fortalecer, cada vez mais, a unidade do Partido”.








Via Ceará Agora

Mais informações »

0 comentários:

sábado, 30 de janeiro de 2016

thumbnail

Saiu a Convocação do Concurso de Altaneira

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios

O Governo Municipal de Altaneira divulgou através de sua pagina no Facebook "Altaneira Ações" que na manhã de hoje (30) o Instituto Consulpam, publicou em seu portal  o primeiro Edital de Convocação dos candidatos aprovados no Concurso Público de Altaneira. 

Foram convocados 32 professores e dois motoristas. 

Confira na integra a relação do convocados:


Professor da Educação Básica I
Adegildo Domingos Santana
Alynne Gonçalves de Alencar
Ana Cristina Torres Arraes
Antonia Micirlandia Soares
Antônia Solange Ribeiro da Silva
Arnaldo Coelho da Silva
Cícera Belo da Silva
Cícera Sales Pinto
Cícero Felix Martins
Cícero Marcelo de Oliveira
Edilene Ari Duques Ferreira
Edilson Geraldo de Brito
Felipe do Nascimento Melo
Francisca Alexsandra Costa do Nascimento
Francisca Lacerda Freire Teles
Francisca Márcia Teixeira Alencar
Izabel Cristina Silva
Jocelma Morais da Silva
Josafá Gerônimo Lino
José Carlos Pereira
José Ivanildo Alves
José Valdo de Souza
Leocádia Rodrigues Soares
Lucielma Fernandes de Oliveira
Maria Darlene Santana
Maria Luiza Rufino
Maria Oliveira dos Santos
Raimunda Regigleide Soares de Menezes
Reginaldo de Sousa Venâncio
Simone Batista Lourenço Lucena
Yonara Batista Soares Ferreira
Zelia Alves dos Santos

Motorista “D”
Eudo Eufrásio da Silva
Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

Prefeito Delvamberto recebe Diploma de reconhecimento pelos ótimos índices na Educação

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


O município de Altaneira Através Prefeito Municipal Delvamberto Soares recebeu na tarde de ontem (29), da CREDE Diploma de agradecimento e reconhecimento pelos ótimos índices na aprendizagem no âmbito do Programa do PAIC. Na Gestão do prefeito Delvamberto Soares a Proficiência cresceu de 164, 5 para 223,7. Mais um fato histórico na atual administração.
O Prefeito Delvamberto Soares recebeu um diploma de Agradecimento e Reconhecimento pela preciosa colaboração prestada em benefício a aprendizagem e pelo crescimento da Educação do município.
Por telefone o prefeito Delvamberto disse ao nosso blog  que esse reconhecimento é dos diretores, professores, coordenadores, técnicos da Secretaria de Educação, equipe da SME, alunos e pais, porque todos contribuíram para  que o município de Altaneira se destacasse nessa educação de qualidade.
Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

Dilma telefona para Obama e acerta parceria por vacina contra o zika

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


A presidente Dilma Rousseff telefonou no início da noite de ontem (29), para o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e acertaram uma parceria para os dois países desenvolverem juntos vacinas e produtos terapêuticos contra o zika vírus, que tem causado microcefalia em bebês. Em nota oficial, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência informou que a Secretária do Departamento de Saúde dos Estados Unidos e o ministro da Saúde do Brasil vão se reunir para discutir os termos da cooperação.
Na conversa, que durou cerca de 15 minutos, e foi realizada às 19h10, hora de Brasília, Dilma e Obama discutiram “a cooperação bilateral na área de saúde, para o combate e desenvolvimento de uma vacina contra o zika vírus”. Um grupo de alto nível entre Brasil e Estados Unidos foi criado para desenvolver parceria na produção de vacinas e produtos terapêuticos. O grupo terá como base a já existente cooperação entre o Instituto Butantan e o National Institute of Health (NIH) para pesquisa e produção da vacina contra a dengue. Os dois presidentes determinaram a realização de contatos entre a Departamento de Saúde norte-americano e Ministério da Saúde do Brasil, com o objetivo de aprofundar a cooperação.
Na última terça-feira, Obama cobrou o rápido desenvolvimento de testes, vacinas e tratamentos para combater o vírus, já que ele poderia se espalhar pelos Estados Unidos nos meses de calor. A manifestação do presidente norte-americano aconteceu depois de a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertar que a doença vai se proliferar por todos os países das Américas. Segundo a entidade, a presença do vírus já foi constatada em 23 países e o número de casos pode chegar a 4 milhões em 2016.
Além de Obama, Dilma telefonou na quinta-feira para o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, para falar sobre a reunião de ministros da Saúde dos integrantes da Unasul, que será realizada na semana que vem em Montevidéu, e tem como objetivo discutir medidas para conter o avanço das doenças relacionadas ao Aedes aegypti na América do Sul. Ela sugeriu a Vázquez que, dependendo do resultado desta reunião de ministros, seria importante convocar uma reunião de presidentes, para selar ações mais rápidas.
Preocupada com o aumento de casos de bebês com microcefalia, Dilma tomou a frente do combate ao Aedes e tem pedido ajuda de toda sociedade para acabar com os focos de proliferação para erradicar o mosquito. Nesta sexta, após conversar com governadores, ela reconheceu que o governo estava perdendo a batalha contra o mosquito, mas disse que não perderia a guerra.



















Via Ceará Agora
Mais informações »

0 comentários:

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

thumbnail

Governo anuncia medidas de crédito para injetar R$ 83 bilhões na economia

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Para impulsionar a produção e recuperar o crescimento, o governo anunciou ontem (28) medidas de estímulo ao crédito que injetarão R$ 83 bilhões na economia. Algumas ações de estímulo foram anunciadas mais cedo pela presidenta Dilma Rousseff, no encerramento da reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão.
A medida que, segundo o governo, terá mais impacto sobre a economia é a agilização da aplicação dos recursos do Fundo de Infraestrutura do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS) em empreendimentos da área e a simplificação da emissão de debêntures de infraestrutura, que liberará até R$ 22 bilhões. Essa medida, no entanto, necessita de aprovação do Congresso Nacional.
Em segundo lugar, está a autorização para que parte da multa rescisória do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), paga em demissões sem justa causa, possa ser usada como garantia para o crédito consignado – com desconto das parcelas diretamente no salário – por trabalhadores do setor privado. A expectativa do governo é que a medida resulte na injeção de R$ 17 bilhões em crédito.
Em seguida, vem a abertura da linha de crédito para refinanciar as prestações do Programa de Sustentação do Investimento (PSI) e do Programa de Financiamento de Máquinas e Equipamentos (Finame), que deverá resultar em empréstimos de R$ 15 bilhões.
O governo também anunciou o reforço da concessão de crédito por bancos públicos com taxas menores que as de mercado. Os principais setores beneficiados serão as micro e pequenas empresas, a construção civil, os exportadores e o agronegócio.
A retomada da linha de pré-custeio agrícola do Banco do Brasil deverá injetar mais R$ 10 bilhões e a aplicação de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em Certificados de Recebíveis Imobiliários deverá impulsionar o crédito habitacional também em R$ 10 bilhões.
A reabertura da linha do BNDES para financiar capital de giro de empresas com garantia do Fundo Garantidor para Investimentos (FGI) e com redução das taxas de juros deverá resultar na liberação de mais R$ 5 bilhões. Por fim, o aumento do prazo máximo de pagamento e a redução da taxa de juros da linha de pré-embarque de produtos exportados injetará R$ 4 bilhões.
Segundo o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, as medidas não resultarão em custo para o governo porque os financiamentos terão taxas de mercado e o governo está apenas simplificando procedimentos e reduzindo riscos, o que ajuda o próprio mercado a reduzir as taxas de juros. “Em relação ao crédito, a maior parte das iniciativas são administrativas. Sem gerar custo adicional para os contribuintes brasileiros. Queremos usar melhor os recursos disponíveis”, declarou.
Com 47 empresários e 45 representantes da sociedade civil e das centrais sindicais, o Conselhão é um fórum de discussão sobre medidas a serem adotadas para recuperar o crescimento econômico. Depois de um ano e meio sem reuniões, o colegiado foi reativado recentemente pela presidenta Dilma. Segundo o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, deverão ser feitas quatro reuniões no ano. A próxima será em abril.
















Via Ceará Agora
Mais informações »

0 comentários:

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

thumbnail

Dilma afirma que não há provas contra Lula

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


A  presidente Dilma Rousseff disse ontem (27),que não há provas contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na 22.ª fase da Operação Lava Jato e criticou as “insinuações” contidas nos vazamentos da investigação. Dilma ficou irritada quando foi questionada se a Lava Jato estava se aproximando de Lula e disse que, “ao contrário do mundo medieval”, o ônus da prova cabe a quem acusa.
Ao ser questionada se o ex-presidente seria o alvo da Polícia Federal, Dilma fechou o semblante. “Eu me recuso a responder pergunta desse tipo porque se levantam acusações, insinuações e não me dizem por que, quando, como, onde e a troco do quê”, disse ela em Quito, logo após discursar em um retiro com chefes de Estado e de governo que participam da IV Cúpula da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).
Dilma disse achar “extremante incorreto” esse tipo de vazamento das investigações e citou até os ideais da Revolução Francesa para dizer que o ônus da prova cabe a quem acusa. “Se alguém falasse a respeito de qualquer um de nós aqui, que a nova fase da Lava Jato levanta suspeitas sobre você, e você não soubesse do que é suspeita, como é que é suspeita e de onde vem a suspeita, você não acharia extremamente incorreto, do ponto de vista do respeito?”, perguntou ela. “Quem prova – acho que foi a partir da Revolução Francesa, se não me engano, foi com Napoleão – a culpabilidade, ao contrário do mundo medieval, o ônus da prova é de quem acusa.”
Para a presidente, o inquérito e as investigações existem para apurar os fatos, e não para vazar informações ainda sob análise. “Antes como você provava? Eu dizia que você era culpado e você lutava comigo. Se você perdesse, você era culpado. Então, houve um grande avanço no mundo civilizado a partir de todas as lutas democráticas.”
A reportagem perguntou a Dilma se a Lava Jato atrapalhava a economia. “Não, querida, eu não vou responder. Sinto muito. O FMI acha. Eu acho que vocês devem perguntar ao FMI”, respondeu a presidente, numa referência ao relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI). Na última sexta-feira, Dilma disse ter ficado “estarrecida” com o documento, que apontou a duração da instabilidade política e a continuidade das investigações da Lava Jato como causas da crise econômica brasileira.























Via Ceará Agora
Mais informações »

0 comentários:

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

thumbnail

Juiz fixa prazo de 5 de fevereiro para Dilma se manifestar na Zelotes

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


O juiz Vallisney de Souza Oliveira, titular da 10ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal, determinou ontem (26) o prazo de 5 de fevereiro para que a presidenta Dilma Rousseff se manifeste como testemunha de defesa em ação penal na Operação Zelotes, que investiga suposto esquema de venda de medidas provisórias.
A data também vale para outras autoridades com foro privilegiado que foram arroladas como testemunhas de defesa na mesma ação penal. A lista inclui o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, os senadores Walter Pinheiro (PT-BA), Humberto Costa (PT-PE), José Agripino (DEM-RN) e Tasso Jereissati (PSDB-CE), os deputados José Carlos Aleluia (DEM-BA), Alexandre Baldy (PSDB-GO) e José Guimarães (PT-CE), e o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB).
No dia 20 de janeiro, quando o juiz autorizou o pedido para que a presidenta seja ouvida na ação, o Palácio do Planalto informou que não iria se manifestar sobre o assunto. A presidenta foi arrolada pela defesa de Eduardo Gonçalves Valadão, suspeito de integrar o esquema investigado.
Os primeiros depoimentos de testemunhas indicadas por réus na Operação Zelotes começaram ontem (25). Para hoje (26), a previsão é que o juiz Vallisney de Souza Oliveira ouça mais quatro testemunhas. Há ainda a possibilidade de que a ré Cristina Mautoni Marcondes Machado também seja ouvida.
O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República e ex-chefe de gabinete do ex-presidente Lula, Gilberto Carvalho, prestou nessa segunda-feira (25) depoimento como testemunha em ação penal da Operação Zelotes. Após o depoimento, Carvalho disse à imprensa que a denúncia de que houve compra e venda de medidas provisórias nos governos de Lula e da presidenta Dilma Rousseff é absurda. “O que ofende o bom senso é essa acusação de que o governo federal, o Executivo, vendeu, trocou MP [medida provisória] por benefício. Isso é um absurdo total”, disse.
As investigações sobre a denúncia de compra de MPs foram feitas na Operação Zelotes, deflagrada pela Polícia Federal, em março do ano passado, para apurar suspeita de pagamento de propina a integrantes do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) visando anular ou diminuir débitos tributários de empresas com a Receita Federal.




























Via Ceará Agora
Mais informações »

0 comentários:

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

thumbnail

Cortes no Carnaval de 2015 cobriu queda de repasses, dizem prefeitos

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios



Com repasses federais em baixa, prefeitos que reduziram ou cortaram festas de Carnaval no ano passado afirmam que usaram a verba para cobrir o “apoio reduzido” da União. Com perspectiva de novo ano difícil, gestores dizem que pretendem manter cortes para festas 

Conforme O POVO mostrou à época, pelo menos 25 cidades do Estado anunciaram suspensão de festas de 2015. Prefeito de um dos municípios de Carnaval mais tradicional, Ivan Silvério (Aracati) afirma que repetirá cortes que garantiram economia de até R$ 600 mil aos cofres. “Estávamos sem dinheiro disponível nenhum”, justifica.

Segundo o presidente da Associação de Prefeitos do Ceará (Aprece), Expedito do Nascimento (Piquet Carneiro), problema é “generalizado” e deve se repetir neste ano. “Hoje mesmo a Aprece se reuniu, e muitos prefeitos estavam conscientes da necessidade de cortes”. Nos próximos dias, a Aprece deve se reunir com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) para tratar do caso.
Neste ano, número de prefeituras que lançou licitações para Carnaval reduziu de 44 em 2014 para apenas dez em 2016. No portal do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), maioria dos gastos para a festa envolvem apenas locação de palcos, caixas de som e serviço de iluminação. 

“Reduzimos estrutura porque não tínhamos como pagar, o que teremos que fazer de novo”, diz o prefeito de Aracati, que aposta em patrocínios e apoios do setor privado. Ivan Silvério destaca que o Carnaval do Município movimenta até R$ 100 milhões. “Se tem um gasto de R$ 2,4 milhões, o retorno em impostos é o dobro disso”,afirma.
Economia em seca
Outro município de tradição carnavalesca, Camocim, no litoral oeste, realizou redução de até 44% de gastos na festa de 2015. A redução ocorre após anos de ações do Ministério Público cobrando economia de recursos durante o período de seca.

Município de Carnaval menos tradicional, Iguatu também utilizou recurso do Carnaval de 2015 para cobrir falta de recursos. “Não temos tradição, e como a situação está muito difícil, cortamos e vamos cortar de novo. Não tem como, se quisermos manter a folha em dia”, diz o prefeito Aderilo Alcântara.
Segundo ele, economia foi de R$ 300 mil, repassada para pagamento de servidores e de obras. Já o prefeito Veveu Arruda (Sobral) diz que cortes em 2015 geraram economia de até R$ 850 mil, revertida para saúde, educação, limpeza e convivência com a seca.
“Uma coisa é gastar com Carnaval em uma cidade de festa tradicional e que atrai turismo forte, como Camocim. Outra é cortar de Sobral, onde as pessoas geralmente viajam nessa época”, afirma Veveu.
Mais informações »

0 comentários:

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

thumbnail

Eleições 2016. Uma nova disputa pelo poder

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios

Reforma política, crise econômica e escândalos de corrupção conferem às próximas eleições uma cara nova. Na prática, três fatores alteram drasticamente o quadro de disputa pelo poder: menos dinheiro, menos tempo e menos credibilidade dos partidos.
Ainda que tímida, a minirreforma, sancionada pela presidente Dilma Rousseff no fim do ano passado, produz uma eleição diferente, em que candidatos dispõem de tempo escasso para fixar uma imagem e apresentar propostas. 
Entre as principais mudanças, está exatamente a redução no tempo de campanha (de 90 para 45 dias), a proibição da doação empresarial às candidaturas e um teto para gastos de cada candidato. Além disso, a doação de pessoa física se limita a 10% da renda relativa ao ano anterior. 
O objetivo do novo modelo é, sobretudo, evitar o uso de recursos de origem duvidosa (caixa 2) para o material de campanha.
Pesquisadora da reforma eleitoral na Universidade Federal do Ceará (UFC), a doutoranda Paula Vieira avalia que as mudanças recém-aprovadas representam pouco avanço. Segundo a pesquisadora, pontos como governabilidade, representação e participação permanecem inalterados.
“Continuamos com o presidencialismo de coalização, não foram criados de espaços de debate e, em relação à participação das mulheres, houve uma queda”, critica.
Para a socióloga, no entanto, a proibição de doação de empresas é um ponto positivo da reforma porque, a longo prazo, pode ter o efeito de baratear as campanhas, limitando os gastos de empresas nas eleições.
Criatividade

O publicitário Marcelo Lavor acredita que, com a redução do tempo de campanha, o material eleitoral de cada candidato deverá ser muito mais “criativo” e exigir profissionais “talentosos”. 


A criatividade, diz ele, deverá funcionar estrategicamente ao lado de transparência e objetividade, já que haverá limitações financeiras e de tempo. “Profissionais terão que ser muito mais criativos. Entretanto, essa criatividade passa pelo conhecimento dos planos de governo de cada candidato”, pondera.
Ainda segundo o publicitário, o “diferencial” dessa campanha eleitoral será a capacidade política dos candidatos de formatar propostas e estratégias eleitorais adequadas ao quadro modificado de disputa.









Via O Povo

Mais informações »

0 comentários:

domingo, 24 de janeiro de 2016

thumbnail

Mais de 132 mil agricultores beneficiados no lançamento do Hora de Plantar 2016

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


O governador Camilo Santana foi ao Cariri, ontem (23), para fazer o lançamento da 28ª edição do programa Hora de Plantar, que incentiva o aumento da produção e melhora as condições de vida do homem do campo, com aumento de renda e segurança alimentar. Os produtores lotaram a Ceasa de Barbalha para receber das mãos governador e do secretário do Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, as sacas de grãos e as mudas de plantas para o começo do plantio.
“Eu tenho muito orgulho de dar continuidade a esse programa, que foi criado pelo meu pai Eudoro Santana em 1987, na época em que ele foi secretário da Agricultura. Hoje, nós estamos beneficiando 132.600 agricultores. E para ajudar ainda mais na produção, eu já solicitei ao secretário Dedé que a gente restabeleça um programa, que existiu na época em que eu era secretário, que distribui maquinário e implementos agrícolas para as associações de trabalhadores rurais. Eu já reservei cerca de R$24 milhões para que esse ano a gente já comece a fazer essa entrega para homens e mulheres do campo, não só do Cariri, mas de todo o interior do Ceará”, anunciou o governador durante o lançamento do programa.
A meta para esta edição de 2016 do Hora de Plantar é entregar 3 mil toneladas de sementes destacando-se milho híbrido, milho variedade, sorgo forrageiro, mamona, feijão caupi e feijão phaseolus. Serão entregues também 400 mil mudas de cajueiro anão precoce, 234 mil mudas de essências florestais nativas e exóticas, 6.245 m³ de manivas e 8 milhões de raquetes de palma forrageira. “Temos que estar sempre preparados para aproveitar bem esse momento de chuva e produzir muito, com a parceria dos prefeitos e sindicatos. Parabenizo a todos os agricultores beneficiados aqui no Cariri”, celebrou o secretário Dedé Teixeira.
Em virtude da seca ocorrida em 2015, o Governo baixou portaria isentando os beneficiários do Projeto Hora de Plantar nesta 28ª edição do pagamento das sementes e mudas recebidas. O valor do Projeto Hora de plantar de 2016 é de R$ 17 milhões com recursos do Fecop (Fundo Estadual de Combate à Pobreza) para as aquisições e de R$ 1 milhão para a parte operacional. Participam do Projeto 182 municípios, ficando de fora apenas Fortaleza e Eusébio, que não possuem zona rural.
Ainda estiveram presentes no evento o secretário adjunto do Gabinete do Governador, Fernando Santana; os deputados federais José Guimarães e Arnon Bezerra, além do deputado estadual José Ailton Brasil, diversos prefeitos e lideranças políticas da região.
Metas para 2016
– Ofertar 3.122,3 toneladas de sementes de diversas culturas. Dentre as sementes ofertadas se destacam: 412,5 t de milho variedade, 2.009,52 t de milho híbrido, 532,24 t de feijão caupi, 40 t de feijão Phaseolus, 187,71 t de sorgo forrageiro e 15 t de mamona.
– Ofertar 6.092 m³ de semente maniva, 400.000 mudas de cajueiro anão precoce e 8.000.000 raquetes de palma forrageira.
– Ofertar 247.500 mudas de espécies florestais nativas e 30.000 mudas de espécies florestais exóticas.
– Ofertar 5.000 mudas de espécie florestal agroindustrial.
– Beneficiar cerca de 132.600 agricultores/as de base familiar, sem repetição.















Via Ceará Agora
Mais informações »

0 comentários:

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

thumbnail

Executiva municipal do PT quer candidatura própria em Fortaleza

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


A Executiva Municipal do PT de Fortaleza lançou na tarde de ontem (21), durante coletiva à imprensa, o manifesto “O PT e a Cidade: por uma candidatura própria à prefeitura de Fortaleza”. O documento, aprovado por unanimidade na última segunda-feira, 18, reivindica o lançamento de candidatura própria do partido na Capital, nas eleições de 2016.
“É preciso retomar em Fortaleza um projeto de cidade assentado em critérios de inclusão social, sustentabilidade ambiental e fortalecimento da cidadania e dos direitos humanos, capaz de inverter prioridades, de desafiar paradigmas e de, verdadeiramente, governar para todos”, diz o documento.
O manifesto apresenta ainda um balanço da conjuntura nacional. “Esse sentimento está em sintonia com as posições do Diretório Municipal de Fortaleza e de sua bancada de vereadores na Câmara Municipal que, de forma unânime, nos últimos três anos, tem assumido a postura de oposição à atual gestão”, aponta o material.
No início da noite o presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, De Assis Diniz comentou o posicionamento da executiva municipal. “Há um consenso que vem ao longo dos últimos anos com debates políticos, que se construiu o processo unificado pelo diretório. Evidentemente com grau de unidade grande”, relatou. Segundo De Assis, o debate será levado ao diretório nacional. “Na próxima terça-feira ele será apresentado também na executiva nacional do partido, para que seja construído um caminho que nos leve a tese de candidatura própria em Fortaleza”.






















Via Ceará Agora
Mais informações »

0 comentários:

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

thumbnail

Entrarei no jogo se for o único capaz de evitar retrocessos, diz Lula sobre 2018

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participará efetivamente das eleições presidenciais de 2018. A garantia foi dada pelo próprio Lula em entrevista a blogueiros, ontem (20), na sede do Instituto Lula, em São Paulo.
Ao ser questionado sobre a possibilidade de ser o candidato, o ex-presidente respondeu, com precisão, que, se preciso for, entrará “no jogo”.
“Se estiver com saúde na época e for a única pessoa capaz de evitar que as conquistas do povo brasileiro sejam desmontadas, pode ficar certo que entrarei no jogo”, garantiu.
“Estarei no jogo de qualquer jeito: como titular, como reserva ou como torcida”, completou Lula.
Ao comentar o assunto “eleições”, Lula lembrou que está ao lado do povo brasileiro e que sabe que o País ainda precisa de muitos avanços.
“Tenho causa, tenho lado e sei que precisa ser feita muita coisa neste país. Não penso em descansar. Eu falo pra Marisa: Não espere que eu morra sentado dentro de casa”, disse.
Para o ex-presidente, o ideal é que o Partido dos Trabalhadores tenha um candidato ou uma candidata de nome forte para substituir a presidenta Dilma Rousseff. Ele também analisa que o candidato deve ser capaz de dar continuidade ao projeto do PT, iniciado em 2003, durante a primeira gestão de Lula.
“Ser candidato ou não depende do que vai acontecer no Brasil em 2018. Se fosse eu for analisar com tranquilidade, à distância, estou torcendo para que apareça no PT gente com condições de assumir uma candidatura. Gente de qualidade nós já temos, mas eu não vou citar nomes”, disse.
No entanto, Lula avalia que ainda é cedo para discutir as próximas eleições presidenciais e que o foco dos debates devem ser propostas para o atual governo.
“Devemos discutir fortalecimento do projeto. Se o governo da Dilma terminar para cima, fica tudo mais fácil. Todo mundo sabe disso. Dilma tem que ter um baita de um governo, ter um baita de um sucesso para eleger seu sucessor”, analisou o ex-presidente.









Via site PT
Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

Rui Falcão diz que pedido para cassar registro do PT é manobra do PSDB

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


O presidente nacional do PT, Rui Falcão, disse ontem (20) que o pedido de cassação do registro do partido pelo PSDB à Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE) é uma tentativa de manobra por terem perdido a eleição presidencial. “Contra essas tentativas, temos de estar alertas e vigilantes”, declarou Falcão ao participar, em Porto Alegre, de mesa de debate no Fórum Social Temático.
O pedido é uma representação do PSDB para investigar a documentação que teria sido entregue pelo ex-diretor da Área Internacional Petrobras Nestor Cerveró à Procuradoria-Geral da República.
Segundo reportagem do Jornal Valor Econômico de segunda-feira (18), antes do acerto da delação premiada, Cerveró afirmou que a campanha à reeleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2006, recebeu R$ 50 milhões em propina, resultado de uma negociação para compra, em 2005, de US$ 300 milhões em blocos de petróleo na África.
No debate sobre o tema “Democracia e desenvolvimento em tempos de golpismo”, Falcão disse que nenhuma crise econômica ou combate à corrupção pode representar ataques à democracia. Segundo ele, o pedido de impeachment representa mais uma tentativa de golpe diante de várias manobras adotadas. O presidente do PT citou como exemplo as rejeições pelo Judiciário dos pedidos de habeas corpus.
“Hoje, temos o habeas corpus inscrito como direito, mas proscrito com apoio da mídia monopolizada. Não só pelos processados na Lava Jato, mas também em estados do Brasil advogados têm tido dificuldades de conseguir habeas corpus, que é um direito fundamental.”
Gilberto Leal, da Coordenação Nacional de Entidades Negras (Conen), lembrou que democracia não é conquistada somente pelo voto, mas com enfrentamento permanente na ação cotidiana.
“A Frente Brasil Popular [articulação que reúne partidos e movimentos populares em defesa da democracia] é essa convergência de luta que temos de reforçar e somar coletivamente.” Para Leal, o binômio desenvolvimento e democracia são elementos fundamentais para enfrentamento da crise.
O ex-presidente do PSB, Roberto Amaral, informou que o avanço de posições conservadoras, tanto no Congresso Nacional quanto na sociedade, representam a não aceitação da direita das políticas que fizeram a classe trabalhadora melhorar a qualidade de vida.
“A direita jamais o perdoará [referência ao ex-presidente Lula]. É imperdoável o reajuste do salário mínimo. A direita não tem compromisso com a democracia nem compromissos éticos quaisquer”, concluiu Amaral.














Via Ceará agora
Mais informações »

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top