Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Partidos políticos perdem 56% dos filiados jovens, diz TSE

Publicado por Junior Carvalho As segunda-feira, 29 de junho de 2015  | Sem Comentarios


Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os principais partidos políticos brasileiros estão envelhecendo e não conseguem atrair mais o público jovem para suas fileiras. A notícia foi destaque da edição deste domingo do jornal O Globo. Segundo a publicação, nos últimos sete anos, incluindo 2015, o número de filiados entre 16 e 24 anos despencou 56% nas cinco maiores legendas: PMDB, PT, PP, PSDB e PDT. Os jovens nessa faixa etária somam hoje 132.292 filiados. Em 2009, eram pouco mais de 300 mil.
O ritmo de perda de filiações entre os mais novos é maior que o verificado na geração imediatamente seguinte, entre 25 e 34 anos. Nessa faixa etária, no mesmo período, houve queda de 9,8% (de 1 milhão para 910,2 mil). O dado comprova que as legendas deixaram de se renovar ao longo desses anos.
A queda do interesse dos jovens em se associar a partidos políticos ocorre em velocidade bem maior do que a redução desse segmento da população no país. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do IBGE, em 2013, último ano com dados disponíveis, o grupo de brasileiros entre 15 e 24 anos passou a corresponder a 25,24% da população, queda de 0,99% frente a 2009.
Conforme a publicação, o  PT sofreu a maior variação negativa. Apesar de ainda ter, entre as cinco siglas pesquisadas, o maior número de jovens em seus quadros, o partido registrou — do fim do governo Lula ao início do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff — uma perda de 60% de filiados até 24 anos: de 94.798, em 2009, para 38.002, em 2015.
O PMDB teve, proporcionalmente, a segunda maior perda de filiados: 59%. O partido do vice-presidente Michel Temer e dos presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (RJ), e do Senado, Renan Calheiros (AL), tinha 72.779 filiados até 24 anos em 2009. Hoje, são 29.680. O PDT apresentou variação negativa de 53%, enquanto o principal partido de oposição, o PSDB, nos últimos anos teve déficit de 51%. O PP, por sua vez, apresentou a menor perda, mas viu encolher pela metade a participação dos mais jovens em suas fileiras.















Via Ceará Agora

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top