Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Sistema do Fies é reaberto, mas apenas para contratos em andamento

Publicado por Junior Carvalho As quarta-feira, 28 de janeiro de 2015  | Sem Comentarios


O sistema on-line do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que estava fechado desde o início do ano, foi reaberto na tarde desta quarta-feira (28) para estudantes que já têm um contrato em andamento e precisam efetuar o aditamento. Até as 19h20 desta quarta, a área de novos contratos ainda estava inativa. "O sistema está aberto inicialmente para contratos em andamento. Para novos contratos o sistema estará disponível em breve", informa o site http://sisfiesportal.mec.gov.br/.
Fies paga de 50% a 100% da mensalidade, dependendo da renda da família. Os pedidos ao programa de financiamento podem ser feitos em qualquer época do ano.
Segundo o MEC, os alunos que já têm o Fies não serão prejudicados, o dinheiro será repassado às faculdades. Mas novos financiamentos, só depois que o site voltar a funcionar.
O site estava fora do ar desde o início do ano depois que o governo estabeleceu uma nova regra para a criação de novos contratos a partir de abril. Pela nova regra, o estudante precisa ter uma pontuação mínima de 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não ter tirado zero na redação. Até então, não havia exigência de notas. O MEC diz que as mudanças nas regras são para melhorar a qualidade do ensino no país.
O secretário-executivo do Ministério da Educação, Luiz Cláudio Costa, disse que o governo vai conversar com as entidades particulares de educação superior "dentro do pressuposto da qualidade". As faculdades questionam a nova exigência de uma pontuação mínima para os estudantes terem acesso ao financiamento de cursos.
No ano passado, o governo gastou R$ 9 bilhões com o Fies. Para conseguir financiamento é preciso ter renda familiar mensal bruta de até 20 salários mínimos.

















Via G1.globo.com

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top