Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

thumbnail

Camilo tem mais oposição em um ano do que Cid em oito

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Em seu primeiro ano no Executivo, o governador Camilo Santana (PT) enfrentou uma oposição mais forte e articulada na Assembleia Legislativa, em comparação à gestão do antecessor e aliado político Cid Gomes (PDT). O resultado desse quadro, que ainda é um reflexo da ruptura local dos Ferreira Gomes com o PMDB, foram debates mais acalorados, longos e um até o pedido para abertura da CPI do Acquario já protocolado.
O número de deputados de oposição pulou de cerca de quatro parlamentares, até 2014, para 14, em 2015. Vozes novas na Casa, como Audic Mota (PMDB), Capitão Wagner (PR) e Renato Roseno (Psol), passaram a ecoar contra mensagens do Governo. Foi também neste período que secretários de Camilo foram convidados, em alguns casos por opositores, a prestar esclarecimentos na Casa.
Apesar do acirramento de debates, no entanto, base e oposição reconhecem que as discussões tenham sido respeitosas e produtivas.
Para o líder do Governo, Evandro Leitão (PDT), também em seu primeiro ano de mandato, o diálogo tem sido o maior destaque da gestão. “Esses deputados (da oposição) fizeram muitas cobranças e críticas, mas também contribuíram nos ajudando a melhorar projetos do Executivo. Isso porque a nossa posição é de diálogo, sempre buscando o consenso por meio da negociação”, diz.
Leitão destaca que, além de mais robusta, a oposição também é mais qualificada e versátil. O líder também lembra que, apesar de ainda ter número suficiente para vencer as votações, emendas da oposição foram avaliadas e aproveitadas.
O deputado Audic Mota está entre os mais ativos da oposição. Ele conta que conseguiu aprovar metade das emendas que propôs neste ano. “Temos tentado fazer uma oposição inteligente e qualificada, sobretudo, para melhorar os projetos que chegam até nós”, aponta. Ele diz ainda que, embora tenha havido evolução nas relações da oposição, os trabalhos ainda precisam melhorar e há um longo caminho a ser percorrido.
Já Heitor Férrer (PSB), veterano na oposição estadual, pondera que a crise financeira tira um pouco o poder de cobrança da oposição. “Tem de haver a responsabilidade de entender que as coisas vão mal”, avalia. Ele destaca também a abertura do Governo Camilo nas negociações.
Veterano membro da base, Sérgio Aguiar (Pros) ressalta que o racha é reflexo das eleições de 2014. Desde que Eunício Oliveira do PMDB rompeu com os Ferreira Gomes para se candidatar a governador, a base saiu dividida.

“Acredito que os ânimos vão serenar, debate deve ser mais brando. O primeiro ano de um governo também é aquele com medidas mais duras e rígidas”, completa o parlamentar.



















Via O Povo
Mais informações »

0 comentários:

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

thumbnail

Cunha diz que pedido de afastamento contra ele é peça teatral

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios




O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, disse ontem (29), que o pedido de impeachment apresentado contra ele pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, é uma peça teatral. Para ele, trata-se também de peça política e não jurídica.

Cunha disse que analisou as 190 páginas do pedido e escreveu cerca de dez páginas rebatendo os argumentos apresentados. O procurador-geral citou 11 fatos que comprovariam que Cunha usa o cargo de presidente da Casa para intimidar parlamentares e para práticas ilícitas.

Em um café da manhã de fim de ano com jornalistas, o presidente da Câmara avaliou que o processo de impedimento da presidenta Dilma Rousseff deve ser concluído até o fim de março na Câmara dos Deputados. Se vier a ser aprovado, seguirá para avaliação do Senado.

Para ele, mesmo que o governo coloque em dia os atrasos de pagamento aos bancos públicos, rejeitados pelo Tribunal de Constas da União (TCU), isso não provocará mudanças no andamento do processo.

Segundo Cunha, um dos principais argumentos considerados para aceitação do processo pela Câmara são os decretos emitidos este ano pelo governo em desacordo com a Lei Orçamentária.

“A gente não considerou nada que tenha ocorrido no mandato anterior e a aceitação se deu pelos decretos emitidos este ano em desacordo com a Lei Orçamentária. Não é o pagamento das pedaladas de 2011 a 2014 que altera a realidade de o decreto ter sido emitido em desacordo com a Lei Orçamentária”, disse.

Em sua decisão para abertura do processo, Cunha argumenta que Dilma assinou decretos com créditos suplementares, em que aumentou os gastos federais deste ano em descumprimento da Lei Orçamentária anual e sem a aprovação do Congresso Nacional.

Ontem (28), o secretário interino do Tesouro Nacional, Otávio Ladeira, disse que o governo pretende pagar, ainda este ano, os passivos apontados pelo TCU relativos a atrasos nos repasses a bancos públicos e ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Eduardo Cunha respondeu a perguntas sobre o cenário político e econômico do país e também sobre sua atuação na presidência da Câmara. Ele disse ter segurança de que vai cumprir na totalidade seu mandato como parlamentar e na presidência da Casa.

Sobre o processo contra ele no Conselho de Ética, o presidente da Câmara disse que se trata de um “processo de natureza política, que tem que ser enfrentado”.

Ao falar sobre a relação do governo da presidenta Dilma Rousseff com o PMDB, Eduardo Cunha, afirmou que um dos maiores pontos de reclamação do partido é o fato de os parlamentares nunca terem sido chamados para participar de questões como a formulação de políticas econômicas.

“Na verdade, nós não fomos chamados para nada. Essa é a grande queixa. Somos responsáveis pelas consequências políticas e econômicas e não somos responsáveis pela sua formulação. O PMDB só foi chamado para apoiar no Congresso aquilo que o governo entende que é o melhor”, disse Cunha.















Via ceará Agora
Mais informações »

0 comentários:

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

thumbnail

Dilma tem menor apoio na Câmara da era petista

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


O ano de 2015 registrou o mais baixo nível de governismo dos deputados federais na era petista, consolidando um processo de queda do apoio ao Executivo no Legislativo desde a ascensão do PT à Presidência. Números do Basômetro, aplicativo do Estadão Dados que calcula o apoio ao governo no Congresso, revelam que a taxa média de governismo deste ano foi de 67% - a menor desde 2003.
O processo de deterioração da base de apoio do governo na Câmara dos Deputados começou logo no início do mandato anterior de Dilma, mas se acentuou a partir de 2014. No fim do ano passado, a taxa de governismo havia caído 10 pontos porcentuais em relação a 2013, atingindo o então recorde de 69%. Ainda assim, a adesão do governo entre os deputados registrou nova queda em 2015. Na série histórica iniciada no primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2006), o índice de governismo alcançou seu maior patamar em 2004, com 91%.
A taxa de adesão ao governo é calculada verificando quantos deputados em cada votação acompanharam a orientação governista naquela ocasião. Por exemplo, se há 400 deputados presentes em uma sessão e 100 votam seguindo a orientação do governo, a taxa de governismo será, portanto, de 25%. Para o cálculo da ocorrência por ano, é feita uma média simples de todas as votações.
A situação de Dilma é bem diferente à de seu padrinho. Após atingir o pico de apoio parlamentar ao governo no segundo ano de seu mandato, Lula viu sua taxa de governismo na Câmara sofrer uma queda logo após o estouro do escândalo do mensalão, em 2005. O governo do petista, porém, conseguiu reconstruir sua base e, em 2008, já atingia 88% de apoio entre os deputados.
Queda contínua. O fim da era Lula coincide com uma queda contínua no governismo desses parlamentares. No primeiro ano da gestão Dilma, o índice de governismo era de 85%. De lá para cá, as quedas anuais foram constantes, até chegar no índice de 67% registrado em 2015.
A literatura em ciência política indica que altos valores de apoio ao governo no Congresso são comuns no presidencialismo de coalizão brasileiro. Uma das teorias mais citadas nesse sentido é a dos professores Argelina Figueiredo e Fernando Limongi. Segundo eles, regras constitucionais como o poder de agenda do presidente sobre a pauta do Congresso criam incentivos para que o Executivo tenha alto grau de sucesso na aprovação de suas demandas - o que, em contrapartida, reforça o poder dos líderes e aumenta a coesão das bancadas partidárias.
Fragmentação. Se essa explicação funcionou bem para os governos de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e de Lula (2003-2010), o mesmo não pode se dizer para os anos Dilma. Além da queda recorde do governismo, os partidos nunca estiveram tão fragmentados (pouco coesos nas votações) quanto hoje.
O maior exemplo é o PP, que participa do bloco governista desde 2003. Em uma escala de zero a dez, em que zero representa coesão máxima - ou seja, todos os deputados votam igual - e dez representa dispersão máxima, a bancada do partido passou de 2 no fim de 2010 para o maior valor registrado atualmente entre as siglas: 4,8 em 2015. 












Via O Povo
Mais informações »

0 comentários:

sábado, 26 de dezembro de 2015

thumbnail

Notas do Enem serão divulgadas no dia 8 de janeiro, informa MEC

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Diante de centenas de apelos de estudantes feitos pelas redes sociais, o Ministério da Educação (MEC) comunicou que as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) vão sair no dia 8 de janeiro."Nós entendemos a ansiedade de vocês e não poderíamos passar o Natal sem divulgar a data do resultado do #‎Enem2015 !", diz um "post presente" do MEC publicado nas páginas do ministério no facebook e no twitter. "Aproveitem as festas, dia 8 de janeiro está logo ali".

Além da seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), com a nota do Enem, o estudante de baixa renda pode tentar uma vaga na educação superior por meio do programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas de estudos em instituições particulares de educação superior.

O resultado do exame também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), participar do programa Ciência sem Fronteiras e ingressar em vagas gratuitas dos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Para pessoas maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado ainda como certificação do ensino médio.



















Via Agencia Brasil
Mais informações »

0 comentários:

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

thumbnail

Papa critica luxo e consumismo e defende vida simples

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Francisco afirma que sociedade está ébria de consumo e prazeres e que nascimento de Cristo simboliza valores verdadeiramente importantes, como sobriedade, simplicidade e misericórdia.

O papa Francisco defendeu ontem (24/12), durante a Missa do Galo, celebrada por ele no Vaticano, a importância da sobriedade e da simplicidade numa "sociedade frequentemente ébria de consumo e prazeres, de abundância e luxo". Segundo o papa, Cristo ensina aos fiéis católicos o que é verdadeiramente importante na vida, ou seja, mostrar um comportamento sóbrio e simples e manifestar bondade e misericórdia com o próximo.

"Numa sociedade frequentemente ébria de consumo e de hedonismo, de riqueza e de abundância, de aparência e de narcisismo, esta criança nos chama a ter um comportamento sóbrio, ou seja, simples, equilibrado, linear, capaz de entender e viver o que é realmente importante", afirmou Francisco na homilia proferida perante milhares de fiéis de todo o mundo.
"[Jesus] nasce na pobreza do mundo porque não há lugar na pousada para ele e a sua família. Encontra abrigo e amparo num estábulo e é deitado numa manjedoura de animais. E contudo, deste nada brota a luz da glória de Deus", salientou, acrescentando que "aí começou, para os homens de coração simples, o caminho da verdadeira libertação e da salvação perpétua".
Na homilia, o papa sublinhou que o mundo é frequentemente severo com o pecador, mas indulgente com o pecado, e que nesse aspecto é necessário cultivar um forte sentimento de justiça e também pôr em prática a vontade de Deus.
"Perante uma cultura da indiferença, que com frequência acaba por ser desapiedada, o nosso estilo de vida deve estar cheio de piedade, de empatia, de compaixão, de misericórdia, que retiramos a cada dia do poço da oração", defendeu.
Na missa com que se iniciam os ritos de Natal, o papa apelou também para o valor da misericórdia, que guia o Jubileu Extraordinário que começou em 8 de dezembro e transcorre até 20 de novembro de 2016.














Via O Povo
Mais informações »

0 comentários:

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

thumbnail

Como o aumento do mínimo para R$ 871 impacta a economia

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios



A partir do dia 1º do próximo mês, o salário mínimo será de R$ 871 em todo o País. O reajuste representa um aumento de R$ 83 em relação ao atual valor. Na avaliação de especialistas o reajuste traz impactos positivos e negativos para a economia.

Para o presidente do Conselho Regional de Economia no Ceará (Corecon-CE), Allisson Martins, o aumento do salário mínimo representa um pequeno alivio no orçamento doméstico, sobretudo devido a persistente elevação de preços dos produtos e serviços, bem como do alto nível de endividamento das famílias.
Ressalta que alguns trabalhadores, nos setores da indústria e comércio, não serão afetados por esta medida, pois possuem acordos específicos recebendo piso salarial um pouco superior ao mínimo.
O economista Sérgio Melo analisa que, pelo lado positivo o novo salário eleva a massa salarial com impacto direto no consumo, animando a economia. “O lado negativo é que este aumento está chegando na hora em que o Produto Interno Bruto (PIB) está negativo em aproximadamente 3,5% e com perspectivas de continuar negativo no próximo ano”, comenta, acrescentando que crescimento de demanda com queda de produção é sinônimo de inflação.

O presidente do Corecon-CE avalia que esta “injeção de recursos” na economia poderá contribuir para a amenização da queda do consumo das famílias. Cita como exemplo o que vem ocorrendo nos segmentos de hipermercados e supermercados no Ceará, que até outubro/2015 registra queda acumulado no ano de 4,9%. “Por outro lado, as empresas que possuem em seus quadros funcionários, que recebem o salário mínimo, deverão verificar uma maior pressão sobre as margens de lucros”, considera. Para Allisson, na ótica governamental, e em especial, os municípios de pequeno porte, serão fortemente afetados. Adianta que isso vai aprofundar a fragilidade financeira, decorrente da queda em termos reais do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), principal fonte geradora de caixa na municipalidade”, destaca.
Sobre essa questão, Sérgio Melo também lembra a queda de arrecadação pelos governos e consequente redução de transferências constitucionais. “Tal cenário vai dificultar os pagamentos dos salários dos servidores no ano de 2016, piorando mais ainda as precárias situações financeiras dos estados e municípios”, conclui Melo.











Via O Povo
Mais informações »

0 comentários:

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

thumbnail

Governo Federal garante R$ 93,9 milhões para abastecimento no Ceará

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


A presidenta Dilma Rousseff participou, ontem (22), da cerimônia de entrada em operação da 2ª Estação de Bombeamento-EBV-2, do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco (Pisf), em Floresta (PE). No evento, Dilma afirmou que o Projeto de Integração é a obra mais prioritária do governo e garantiu concluir do projeto em 2016.
“A integração do São Francisco é uma realidade muito importante para o Brasil e eu considero que, no meu período de governo, é a obra mais prioritária do ponto de vista do efeito que ela terá na vida de milhões de moradores aqui do semiárido”.
De acordo com o Ministério da Integração, foram assinados na tarde desta terça-feira,  por ministros e governadores, termos que permitem investimentos em Pernambuco, Ceará e Paraíba na ordem de R$ 285 milhões em recursos federais nas infraestruturas de abastecimento que levarão água para as comunidades rurais às margens dos canais do Projeto São Francisco. Dos R$ 285 milhões, Pernambuco receberá a maior parte (R$ 134,8 milhões), seguido por Ceará (R$ 93,9 milhões) e Paraíba (R$ 35,7 milhões). Segundo Dilma, os termos de compromissos garantem as verbas para obras estruturantes que vão levar água para as comunidades que ficam a até 5 km de distância dos canais do rio.
O projeto de integração do Rio São Francisco promete beneficiar 12 milhões de pessoas de 390 municípios dos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Ao todo, a extensão da interligação é de 477 quilômetros. Para a presidente, “a integração do São Francisco avança e não há nada que pare essa interligação; a cada dia que passa a água é mais fundamental para a vida de cada um nós, porque somos fundamentalmente água”.















Via Ceará Agora
Mais informações »

0 comentários:

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

thumbnail

Janot classifica Cunha de "delinquente" em pedido de afastamento

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Ao justificar ao STF o pedido de afastamento do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, classificou o presidente da Câmara de “delinquente”, disse que ele transformou a Casa em um “balcão de negócios” e fez “utilização criminosa das prerrogativas parlamentares”.
Janot apontou ainda “manobras espúrias” do peemedebista para atrapalhar as investigações contra ele no esquema de corrupção da Petrobras e o andamento do processo de cassação na Câmara e também sustentou que o parlamentar e seus aliados tentam “intimidar quem ousou contrariar seus interesses”.
Para a Procuradoria, Cunha ultrapassou “todos os limites aceitáveis”. O pedido de afastamento de Cunha só deve ser analisado em fevereiro, após o STF encerrar o recesso. Há a expectativa entre ministros do Supremo, inclusive, de que a denúncia oferecida pelo procurador-geral contra o presidente da Câmara na Lava Jato por crimes como lavagem de dinheiro e corrupção também seja analisada pelo plenário do tribunal na mesma época.
A denúncia aponta que Cunha foi beneficiado de US$ 5 milhões em propina de contratos de navios-sondas da Petrobras. Ele teria utilizado a ex-deputada Solange Almeida (PMDB-RJ) para, por meio de requerimentos em uma comissão, pressionar o lobista Julio Camargo a lhe pagar propina da Petrobras, e o uso de parlamentares para apresentar requerimentos contra o grupo Schahin, que tinha uma disputa com o corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro, pessoa próxima a Cunha. 
“Está já demonstrado -e ora se ratifica- que a utilização da Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados pra pressionar Júlio Camargo não foi algo episódico, mas sim apenas mais uma conduta ilícita para proteção dos delinquentes envolvidos nos fatos, inclusive do próprio deputado federal Eduardo Cunha”, diz o procurador. 
















Via O Povo
Mais informações »

0 comentários:

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

thumbnail

Sem Cunha como deputado, outro investigado assumiria impeachment

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Em caso de afastamento do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do comando da Câmara por determinação do Supremo Tribunal Federal, o comando do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff ficará nas mãos de outro investigado na Lava Jato: Waldir Maranhão (PP-MA), aliado do ex-presidente José Sarney e do próprio Eduardo Cunha.
Isso ocorrerá se a Corte julgar procedente o pedido de afastamento do peemedebista feito semana passada pela Procuradoria-Geral da República. O entendimento é o de que a substituição de um pelo outro será automática e não levará à realização de novas eleições internas.
A possibilidade de Maranhão presidir a Câmara já é comparada por governistas e oposicionistas à gestão de Severino Cavalcanti (PP-PE). Acusado em 2005 de cobrar propinas de empresários que administravam restaurantes na Câmara, Severino renunciou ao mandato às vésperas da instauração de processo disciplinar no Conselho de Ética porque não conseguia mais presidir a Casa. Sempre que ele tentava presidir as sessões, havia tumulto.
O STF vai decidir sobre o afastamento só em fevereiro, na volta do recesso do Judiciário. O caso está nas mãos do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato na Corte, mas a expectativa é de que ele compartilhe a decisão com seus colegas.
Os parlamentares entendem que só haveria eleição para presidente da Casa se Cunha renunciasse ou fosse cassado. Essa discussão, no entanto, ainda não foi aprofundada porque aliados e adversários do peemedebista dizem que ainda é cedo para testar nomes. Do “baixo clero”, Maranhão destituiu o deputado Fausto Pinato (PRB-SP) da relatoria do processo por quebra de decoro parlamentar contra Cunha.
Em depoimento, o doleiro Alberto Youssef, delator da Lava Jato, f apontou Maranhão como um dos parlamentares beneficiados pelo esquema de corrupção e desvios na Petrobrás. O deputado do PP também é alvo de dois inquéritos no Supremo em que é acusado de crimes de lavagem de dinheiro e ocultação de bens. 













Via Ceará Agora
Mais informações »

0 comentários:

domingo, 20 de dezembro de 2015

thumbnail

Léo Magalhães faz Show Histórico em Altaneira

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios



No ultimo dia 18 de dezembro de 2015 os altaneirenses comemoram 57 anos de emancipação política do Município de Altaneira, foram realizadas diversos eventos durante todo o dia, um dia anterior  o prefeito Delvamberto Soares realizou a inauguração da Avenida Francisco Alves Bitú e o novo Bairro Zé Rael, que foi motivo de centenas de elogios nas redes sociais.

O ponto alto dos festejos em comemoração foi apresentação do cantor Nacional Léo Magalhães em Altaneira, mesmo com muita chuva o Parque de evento João de Almeida Braga foi tomada por uma enorme multidão.

Léo Magalhães entrou no palco e logo emocionou a todos com seus maiores sucessos, a duração do show foi em torno de duas horas e meia.


O prefeito Delvamberto Soares subiu no palco para agradecer a todos que estavam presentes e ao cantor Léo Magalhães que não mediu esforços para cantar em Altaneira, na oportunidade Delvamberto Soares também agradeceu seu irmão, empresário Palito, que disponibilizou gratuitamente toda mega estrutura para receber o Léo Magalhães em Altaneira.


Mais uma vez o Garoto Beleza registrou tudo:













Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

Lula e PT comemoram a escolha de Nelson Barbosa

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


A escolha do nome de Nelson Barbosa para o Ministério da Fazenda foi bem recebida tanto pelo PT quanto pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que enxergam no novo ministro a possibilidade de mudanças na política econômica do governo.
“Trata-se de um ministro experiente, com reconhecidas qualidades técnicas, habilidade política e sempre aberto ao diálogo. Minha expectativa é de que, sob a orientação da presidente Dilma, ele sinalize para a população e para o empresariado medidas para a retomada do crescimento econômico com inclusão social, geração de empregos e sustentabilidade, investimentos em infraestrutura e inflação sob controle”, disse o presidente nacional do PT, Rui Falcão.
Já o presidente do diretório estadual do partido em São Paulo, Emidio de Souza, lembrou que embora Barbosa seja mais alinhado ao PT do que o antecessor, Joaquim Levy, vai enfrentar dificuldades pelo estado de deterioração da economia nacional. “Não tem milagre na crise econômica brasileira, mas ele encarna uma ideia de economia que representa melhor o que o PT pensa”, avalia o dirigente.
Lula
No Instituto Lula, a escolha foi bem vista. Embora tenha avalizado o nome de Levy, Lula vinha pedindo mudanças no rumo da economia desde agosto, principalmente por motivos políticos. Lula avalia que a forma como o ajuste fiscal foi executado afastou Dilma da base que a elegeu em 2014.
Segundo interlocutores do ex-presidente, há anos Lula prepara o novo ministro para o cargo. Depois de deixar o governo, em 2010, Lula levou o economista para o Instituto Lula, estimulou Barbosa a se reaproximar da comunidade acadêmica e carregava o colaborador em encontros com grandes empresários e representantes do mercado financeiro. Tudo com o objetivo de tirar de Barbosa o “ranço sindical” – ele foi assessor do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) – e torná-lo mais palatável ao andar de cima.
Ainda segundo interlocutores de Lula, foi o ex-presidente quem aconselhou Barbosa a manter a discrição e não entrar em disputas públicas.
A nomeação foi saudada ontem no Instituto Lula. “É uma ótima pessoa. Tem experiência em administração pública, sabe da responsabilidade de colocar o País em equilíbrio fiscal, mas tem sensibilidade para fazer a política de desenvolvimento e geração de empregos”, disse Paulo Okamotto, presidente do instituto.
Unidade
No PT, a escolha de Barbosa provocou o raro fenômeno de agradar, praticamente, à totalidade das forças políticas do partido, incluindo as correntes de esquerda.
“Apoiamos integralmente a decisão da presidente Dilma de fazer a substituição do ministro Levy e a escolha de Barbosa. Espero que o eixo da economia agora seja a orientação do programa de governo eleito em 2014, ainda que se possa discutir quais os passos para chegar lá”, disse Carlos Henrique Árabe, secretário de Formação do PT e da corrente Mensagem, a segunda maior do partido.
O deputado Renato Simões (PT-SP), da minoritária Militância Socialista, comemorou nas redes sociais. “Nelson Barbosa é expectativa de diálogo com movimentos sociais que cobram o programa econômico vitorioso nas urnas em outubro passado. Golaço da presidente Dilma para fechar uma semana vitoriosa.”
O nome de Barbosa também agradou, com ressalvas, aos movimentos sociais que foram às ruas na quarta-feira para protestar contra o impeachment. “Preferia o Marcio Pochmann (Unicamp), mas o Nelson Barbosa tem todas as condições de tirar o Brasil dessa armadilha”, disse Raimundo Bonfim, da Central de Movimentos Populares. 










Via Ceará Agora
Mais informações »

0 comentários:

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

thumbnail

Presidente Lelia comete mais uma atrocidade com o Regimento Interno

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios

Já é um fato inegável que a presidente Lelia de Oliveira vem ao longo do ano cometendo várias atrocidades com o Regimento Interno da Câmara Municipal de Altaneira, mas desta vez a presidente se superou.

A Comunista Lélia de Oliveira cometeu mais um atentado as leis. Mesmo sendo noticiado aqui no Blog A Pedreira, no Blog de Altaneira e nas redes sociais que com quatro votos não se derruba veto, pois regimentalmente é necessário a maioria absoluta para derrubar o veto do Prefeito, ou seja cincos votos.

Mesmo com todos os alertas a presidente teve mais um ato de incompetência de promulgar as leis com a derrubada dos vetos, envolto em total ilegalidade. Tudo indica que a comunista terá mais uma derrota na justiça, além de possivelmente ser condenada por Improbidade Administrativa.


Confiram as publicações no Diário Oficial:















Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

Prefeito Delvamberto Soares inaugura Avenida Francisco Alves Bitú

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios



Na noite de hoje (17), o Prefeito Municipal de Altaneira Delvamberto Soares inaugurou a nova Avenida Francisco Alves Bitú. O evento contou com a participação da família do homenageado, como também dos secretários, secretárias, vereadores da base e autoridades locais. 



A filha do homenageado Heloísa Bitú usou a palavra para agradecer ao prefeito Delvamberto Soares pela homenagem, Heloísa fez um relato da trajetória de vida de seu pai, ela lembrou dos momentos difíceis, mas destacou o caráter de seu pai quer com muito esforço soube cuidar e educar toda família.


O Prefeito Delvamberto Soares destacou carinho e o respeito que sempre teve com a filha do homenageado, Heloísa Bitú, Delvamberto disse que a homenagem é justa pois Francisco Alves Bitú foi mais um filho altaneirense que com muito esforço soube criar sua família com trabalho e honestidade. 

Delvamberto Soares encerrou afirmando que sempre vai buscar o melhor para o povo altaneirense e agradeceu a todos os vereadores de base, secretários, secretárias, gestores e funcionários  pela dedicação e finalizou  desejando um feliz natal e um 2016 de muita paz e saúde para todos altaneirenses.

Confira as fotos do Garoto Beleza:











Mais informações »

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top