Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Dilma Rousseff e Aécio Neves trocam acusações em debate no SBT

Publicado por Junior Carvalho As quinta-feira, 16 de outubro de 2014  | Sem Comentarios


A troca de acusações marcou o início do segundo debate realizado na noite desta quarta-feira, 16, pelo SBT, UOL e Jovem Pan. Os candidatos à presidência da República, Dilma Rousseff e Aécio Neves, participaram do segundo debate do segundo turno das eleições de 2014.
No primeiro bloco, Aécio perguntou à candidata Dilma sobre corrupção, citando as denúncias envolvendo a Petrobras, além de filiados do partido que foram presos no chamado "mensalão". Dilma rebateu a fala do senador alegando que o governo tem investigado as acusações. Lembrou dos casos envolvidos em corrupção nos governos do PSDB que, segundo a candidata, não foram investigados.
Em seguida, o candidato do PSDB questionou os números da inflação do atual governo. A candidata, contrapondo o tucano, alegou que os números estariam "sob controle".
Aécio respondeu afirmando que para a presidente da República a inflação não seria problema. "Você compra com o mesmo dinheiro o que comprava há um ano?", questionou.
O candidato do PSDB citou números do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e afirmou que 24 jovens morrem todos os dias no Brasil vítimas da violência. Dilma rebateu assegurando que as forças armadas "participaram ativamente garantindo o mínimo de repressão".

Na sequência, o ex-governador de Minas Gerais prometeu, se caso eleito presidente, elaborar uma política de segurança para reduzir os índices e acusou a gestão da petista de não ter assumido a "responsabilidade". 

Aécio questionou o investimento na mobilidade urbana criticando ausência de obras de metrôs em grandes capitais brasileiras. Dilma rebateu a fala do opositor informando que as obras estão acontecendo, e citou Porto Alegre e Fortaleza.

No terceiro bloco, Dilma relembrou o episódio em que o candidato Aécio Neves foi parado em uma blitz e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Neves falou do caso e alegou que sua carteira estava vencida. "Me desculpei, me arrependi disso", disse o senador. 

Aécio, na sequência, criticou os ataques recebidos pelo programa do PT. "A senhora não tem nada para mostrar no programa e tem que mentir o tempo inteiro?", afirmou. Finalizando o último bloco do debate, a presidente voltou a questionar a construção de um aeroporto pelo candidato enquanto governador de Minas na terra de familiares.

Considerações finais
Dilma Rousseff

"O meu governo olha para todo o povo brasileiro. Tenho certeza que o País está mudando para melhor. O povo tem alternativas que nunca teve antes, no emprego, na educação, na construção de uma vida melhor... Vivemos um momento muito especial por causa da crise, mas saímos e enfrentamos de peito aberto, garantindo emprego e renda. Reelita, eu quero garantir a todo os brasileiros educação e saúde de qualidade, manter a distribuição de renda que melhore a vida dos brasileiros."

Aécio Neves

"Quero sim ser presidente porque o Brasil não pode viver mais quatro anos de tamanho desgoverno. Quero ser presidente para combater a inflação, a criminalidade... Quero ser presidente não para dividir o Brasil entre nós e eles, quero ser o presidente da generosidade com os brasileiros que mais precisam, que respeite a verdade, quero ser presidente para que amanhã, caso eu tenha nova oportunidade, eu possa permitir meus adversários falarem de propostas."


























Via O Povo

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top