Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

thumbnail

Solidariedade publica nota oficial alertando sobre falsos perfis

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Em nota publicada hoje (31) o partido Solidariedade-Ceará informou sobre a criação de perfis falsos do Partido e de membros do Diretório Estadual em redes sociais, principalmente no Instagram, para veiculação de informações e imagens equivocadas, contrárias às bandeiras e alianças da legenda no Estado.
O partido, através do presidente Genecias Noronha, lamentou a utilização desses recursos por denegrirem a imagem do partido e dos filiados.  “Estamos tomando as devidas providências legais para coibir essa prática”.
Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

PCdoB reafirma apoio a Camilo Santana

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Representantes do PCdoB reafirmaram na noite dessa quarta-feira, 30, apoio aos candidatos da coligação “Para o Ceará seguir mudando”, Camilo Santana (governador), Izolda Cela (vice-governadora) e Mauro Filho (senador).
“Nós sabemos que ainda tem muita coisa pra avançar em nosso Estado. E esse apoio é fundamental para nossa candidatura. Quero aqui me comprometer em continuar trabalhando para o desenvolvimento do Ceará”, disse Camilo.













Via cearaagora
Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

Dilma faz balanço e destaca parceria com a indústria

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


A presidente Dilma Rousseff foi a última a ser sabatinada na tarde de hoje (30), na Confederação Nacional da Indústria (CNI) pelos empresários , e procurou  fazer um balanço das realizações do governo e do anterior na área industrial. Ela abordou ainda as parcerias com o setor, em programas, como o Pronatec. A candidata destacou que foi na CNI, na eleição passada, onde prometeu criar a Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa, comandada atualmente pelo empresário Afif Domingos.
Dilma destacou o crescimento da indústria naval a partir de 2003, com o número de trabalhadores no setor aumentando dez vezes desde então, com a expansão de estaleiros. “Antes produziam grama”, afirmou.
A candidata prometeu continuar o debate sobre a necessidade da política industrial no Brasil, que, segundo ela, é criticada por muitos. Para ela, os eixos da política industrial são a desoneração tributária, a concessão de créditos, os incentivos por compras governamentais, a educação técnica e científica, a recuperação do planejamento e a construção de marcos regulatórios, bem como o fim da burocracia e as parcerias com o setor privado.
Antes de Dilma começar a falar, o presidente da CNI, Robson Andrade, disse que entregou a ela, assim como aos demais candidatos sabatinados hoje, Eduardo Campos, do PSB, e Aécio Neves, do PSDB, 42 propostas da CNI para melhorar a economia nacional, com foco na melhoria da infraestrutura, para aumentar a competitividade das empresas nacionais no mercado interno e externo.



















Via cearaagora
Mais informações »

0 comentários:

quarta-feira, 30 de julho de 2014

thumbnail

Ciro Gomes e Gaudencio Lucena trocam acusações no Facebook

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios




Na madrugada desta quarta-feira (30), o vice-prefeito de Fortaleza, Gaudencio Lucena (PMDB), publicou, em seu perfil no Facebook, um vídeo em que o prefeito Roberto Cláudio (PROS) faz declarações de apoio ao então candidato ao Senado Federal Eunício Oliveira (PMDB). No depoimento, gravado durante a campanha eleitoral de 2010, Roberto derrama elogios ao então companheiro de chapa. 

Na legenda das imagens, os editores do material alegam que, hoje, com a aliança desfeita, os antigos apoiadores agem com ingratidão e desrespeito para com o candidato peemedebista ao Governo do Estado. Para os realizadores, o motivo seria a discordância de Eunício em aceitar o “encabrestamento dos ferreiristas”.  

A resposta não demorou e veio de um dos principais líderes da campanha opositora, comandada pelo PROS. Ciro Gomes, secretário da Saúde do Estado, publicou um comentário na postagem de Gaudencio, esclarecendo os motivos da mudança no posicionamento de seus correligionários. 

“Isto foi declarado quando o Cid apoiou o Eunício pra senador com patrimônio declarado de 36 milhões de reais. virou senador e aumentou o patrimônio para 99 milhões de reais com contratos na Petrobras usando o mandato”, denunciou Ciro. 

No mesmo espaço, Gaudencio retrucou a declaração classificando Ciro como especializado em “esculhambar” quem não reza na mesma cartilha. “O Eunício tem diversas empresas e apenas uma tem contrato com a Petrobras e, por sinal já há alguns anos ele não mais faz parte desta sociedade”, declarou o vice-prefeito, em defesa do líder de seu partido. 

Gaudencio ainda rebateu questionando os rendimentos do secretário de Estado, que não seriam compatíveis com os gastos realizados por ele em viagens ao exterior. “Agora me responda: como vive o senhor, que nāo tem empresa, nāo tem carreira assinada, tem fonte de renda desconhecida e vive viajando pela Europa e outros continentes? Ou o Senhor acha que salário de secretário de estado supre esta vida nababesca?”, foi o desafio lançado pelo peemedebista. 

“Vc está insinuando alguma coisa Gaudencio?” publicou Ciro.  “Deixe disso afirme como homem e eu lhe provo quem é ladrão e manipulador de tráfico de influência junto ao setor público. E são vcs. Eu não!”, respondeu defendendo-se. 

No outro lado das cordas, Gaudencio reagiu alegando estar insinuando da mesma forma que Ciro insinuou sobre Eunício. “Sou muito homem para tratar as pessoas da mesma forma que somos tratados”, garantiu, alegando nunca ter feito “tráfico de influência”.

Em meio a tudo isso, outros usuários da rede social entraram no espaço, alguns lançando publicações em defesa das teses de seus simpatizados e outros, se sentindo incomodados, reclamavam da lavação de roupa suja em público.

Por enquanto, aguardamos as cenas dos próximos capítulos.































Via cearanews7
Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

1º Fórum Comunitário para Selo Unicef é realizado em Altaneira.

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios

Público presente na abertura do Fórum (Foto: Divulgação)
Foi realizado na manhã de ontem (29/07), na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social o 1º Fórum Comunitário para o Selo Unicef Município Aprovado sob o lema “Altaneira de mãos dadas rumo ao Selo”. O encontro teve por objetivo a apresentação do Selo Unicef e a criação de propostas à serem executadas no município, afim de melhoria na qualidade de vida do povo altaneirense. 

Após a formação da mesa, a articuladora do selo, Socorro Mendes desejou as boas-vindas à todos e pediu pelo surgimento de ideias na finalidade do melhor para o município. Em seguida a Banda Municipal Pe. David Moreira executou os hinos Nacional e Municipal.

A Secretária Elanny apresentou o NUCA e disse que vivemos em um momento ímpar de nossa sociedade altaneirense, e pediu para discutirmos pelas nossas crianças e adolescentes. Finalizou suas palavras com a frase“hoje é o momento de plantarmos, construirmos pensando em colhermos num futuro próximo, este é o momento”.

O prefeito Delvamberto parabenizou o empenho da Secretária Elanny e de toda sua equipe, disse que Altaneira está fazendo história em todos os seguimentos, reafirmou a qualidade da equipe que formou neste governo e disse que a mesma une técnica e conhecimento com o objetivo em comum, o bem do povo altaneirense e de “fazer uma Altaneira do Jeito certo, cada vez melhor, e desta forma retribuir com dignidade o carinho que recebemos”. Disse que o Selo será uma grande conquista para nosso município. Parabenizou todos os secretários. Além disso disse que ideias são sempre bem-vindas, e que todos podem cobrar os seus direitos e cumprir os deveres. Agradeceu a todos pelo fórum e convidou todos a lutar juntos para melhorar a qualidade de vida de nosso povo.

O Mestre em Políticas Públicas, Assis Filho, apresentou o Plano Brasil Sem Miséria e um Diagnóstico Socioassistencial do Município de Altaneira. Disse que todos devem ser agentes modificadores da sociedade e que Altaneira tem buscado e assegurados alguns recursos do Plano Nacional e ressaltou a importância da conquista do Selo para o aumento destas alocações de recursos. O mesmo mostrou dados do CadÚnico onde 1.952 famílias cadastradas, e destas, 1.364 famílias são beneficiárias do Bolsa Família do Governo Federal, ou seja 62,78% das cadastradas. Explicou que o CadÚnico põe a serviço do estado informações sociais da população.

Logo após Ayrton Sampaio explicou a metodologia do Selo Unicef e após a explanação os participantes foram para as salas de estudo em grupo para discutirem propostas em torno de sete eixos. 

Foram colhidas diversas propostas que serão analisadas e filtradas pela Comissão Pró-Selo, as principais delas foram: reduzir a mortalidade materna, garantir insumos como equipamentos e atendimento para o pré-natal, acompanhamento com nutricionista durante a gestação, garantir o teste de HIV e sífilis, campanhas de educação sexual nas escolas, o melhoramento da relação entre pais e filhos, a criação do conselho da família, campanhas envolvendo todas as religiões, a implantação de filtros de água em todas as escolas, a implantação de banheiros masculinos e femininos, garantir o acesso a educação e que todas as crianças sejam alfabetizadas, o incentivo ao esporte, dentre outras.

Participaram ainda do fórum os vereadores Edezyo Jalled (Solidariedade), Genival Ponciano (PTB) e Professor Adeilton (PP) e os secretários Albino Alves (Infraestrutura), Antonio Pereira (Cultura), Ariovaldo Soares (Administração e Finanças), Ceza Cristovão (Agricultura e Meio Ambiente) e Claudovino Soares (Educação), o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Heleno Ferreira, a presidente do Núcleo da Criança e do Adolescente (NUCA) Erislania Silva e a Articuladora do Selo no Município Socorro Mendes.

Com informações Assessoria de Comunicação do Governo Municipal de Altaneira






Via Blog de Altan
Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

Candidatos ao Governo seguem com articulações em Fortaleza

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios




Seguem abaixo as agendas dos candidatos ao Governo do Estado do Ceará, nesta quarta-feira (30). As programações foram repassadas pelas assessorias de cada concorrente. 


AILTON LOPES (PSOL)
08h00 – Visita às comunidades atingidas pelo Complexo Portuário do Pecém
11h30 – Visita à ONG Aquasis (Iparana)
15h00 – Lançamento do programa Ecossocialista (sede do PSOL) 

CAMILO SANTANA (PT)
10h00 – Reuniões internas
Inauguração do Comitê de Augusta Brito, candidata a deputada estadual pelo PCdoB, na Rua Juvenal de Carvalho, nº 683, em frente ao Bradesco da Avenida Aguanambi

ELIANE NOVAIS (PSB)
07h30 – Panfletagem na entrada dos trabalhadores da CONTAX – Oi, na Av. Borges de Melo, 
09h00 – Reunião na Associação Comunitária Cidade de Deus, na Rua Oswaldo Pery Jucá, 191, no Ancuri
18h00 – Panfletagem na entrada dos alunos da FANOR Local: Av. Santos Dumont, nº 7800, nas Dunas

EUNÍCIO OLIVEIRA (PMDB)
Manhã: Atende individualmente líderes de varias regiões
Tarde: Discute aspectos do plano de governo com pesquisadores e especialistas.

































Via cearanews7
Mais informações »

0 comentários:

terça-feira, 29 de julho de 2014

thumbnail

Clima de festa na inauguração do comitê de Camilo, Izolda e Mauro.

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Mais de cinco mil pessoas já estão na festa de inauguração do comitê da coligação “Para o Ceará Seguir Mudando”, na Avenida Sebastião de Abreu, na noite desta terça-feira, 29, no bairro Cocó, em Fortaleza.
Ainda continua chegando muita gente. A parte de calçamento da Avenida Sebastião de Abreu até o Shopping Iguatemi está praticamente tomada por carros estacionados. Assim como as ruas ao redor do comitê. As pessoas vieram de vários lugares da Capital e do Interior. O prefeito de Tamboril, Ramiro Júnior, trouxe mais de 20 pessoas do município para apoiar o lançamento do comitê. “Está muito bonito. Um clima positivíssimo neste início de campanha”, diz.
Centenas de bandeiras e pessoas com adesivos estão nos arredores do comitê, que está enfeitado, repleto de apoiadores das candidaturas de Camilo Santana, governador; Izolda Cela, vice; e Mauro Filho, senador.
De acordo com o chefe de segurança, coronel Brasil, a estrutura montada no comitê é suficiente para receber esse público. “O comitê foi pensado estrategicamente para gerenciar toda a campanha. Todos as demandas de todos os setores sairão daqui a partir de hoje, data da inauguração”, confirma.


















Via blogs.diariodonordeste
Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

Prefeito de Amontada acusa Eunício de fazer declarações mentirosas.

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios



De acordo com a assessoria da candidatura de Camilo Santana (PT), o prefeito de Amontada, Paulo César (PT), desmentiu na manhã desta terça-feira (29) as declarações de que estaria apoiando a campanha de Eunício Oliveira (PMDB) ao Governo do Estado. 

Segundo a coligação, o prefeito condenou as afirmações feitas à imprensa pelo próprio candidato e alegou que Eunício está tentando confundir os eleitores cearenses. 

“Quero dizer que as declarações do candidato do PMDB são mentirosas, feitas para enganar os eleitores cearenses e, especialmente, os eleitores da minha cidade de Amontada”, afirmou Paulo. Ele também ressaltou que faz parte e acredita no projeto político iniciado pelo governador Cid Gomes no Ceará e entende que muito mais será realizado com Camilo no Governo.  

“Sempre estive e estarei com nosso candidato Camilo Santana. Acredito no projeto político do nosso atual governador, que já fez muito pelo Ceará e, com Camilo, tenho certeza de que iremos ter ainda muito mais", confirmou.




















Via cearanews7
Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

Jurista Raimundo Soares diz que quem comprar atual prédio do SINSEMA perde.

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Decorridos quase 48 horas da realização da Assembleia Geral do Sindicato dos Servidores Municipais (SINSEMA) para deliberar sobre a venda do prédio próprio da entidade nenhuma nota foi divulgada, mesmo diante das cobranças nas redes sociais, como a realizada por este blogueiro e pelo blogueiro Junior Carvalho do Blog A Pedreira. 

O blogueiro José Nicolau do Blog Informações em Foco disse que foi convidado para participar da Assembleia, mas em virtude de outros compromissos não compareceu e nem recebeu informações sobre a Assembleia. O professor, vereador e blogueiro Francisco Adeilton também nada postou em seu blog e nenhum outro navegante comentou os tópicos postados nos grupos "Altaneira - Ceará" e "A Política de Altaneira".

O servidor Paulo Almeida em conversa com este blogueiro disse que compareceram pouco mais de 60 associados, numero muito inferior ao mínimo necessário para deliberação sobre o tema, mas mesmo assim a presidente colocou em votação a proposta de venda do imóvel.

Segundo Paulo o responsável pela obra apresentou o projeto da obra completa na Assembleia e afirmou que o prazo para conclusão seria de cinco anos. O assessor jurídico do Sindicato também estava presente e assegurou a legalidade do processo conforme informações prestadas pelo servidor.

O ex-presidente da entidade, Antonio Pereira da Silva, na abertura da Assembleia cobrou a avaliação do imóvel, mas não foi apresentada, uma vez que a presidente considerou desnecessária.

Antonio informou ainda que não foi obedecida a legislação também na votação que deveria ser secreta e foi pelo processo normal, sendo que apenas os associados Antonio e Paulo votaram contra.

Segundo Antonio a direção da entidade não informou o valor da obra nem a modalidade de escolha da empresa para construir a nova sede no Sítio Poças, mas parabenizou a iniciativa da construção sem a necessidade de venda da atual sede.

Das informações colhidas conclui-se que a direção do SINSEMA cometeu no mínimo quatro irregularidades no processo de alienação da sede própria, senão vejamos:
1) Não realizaram avaliação prévia (§ 1º do Art. 549 da CLT);
2) Não observaram o quórum mínimo necessário de metade mais um dos associados (§ 2º do Art. 549 da CLT);
3) Não obedeceram ao escrutínio secreto na votação da proposta (§ 4º do Art. 549 da CLT);
4) Não convocaram concorrência pública para venda do imóvel (§ 6º do Art. 549 da CLT).


Mais informações »

0 comentários:

thumbnail

TCM apura denúncia que o Parlamentar Adeilton fez contra o ex-prefeito Raimundinho.

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


O Secretário Municipal de Administração e Finanças, Ariovaldo Soares Teles, recebeu na manha de ontem, 28 de julho, os servidores do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará, Nikael de Carvalho Almeida e Arielton Fonteles Araujo, designados pelo presidente da referida corte de contas, para apurar, através de inspeção especial, denúncia formulada pelos Vereadores Adeilton Silva e Genival Ponciano, contra o ex-prefeito, Raimundo Rodrigues da Mota (Raimundinho).

  
A denúncia dos parlamentares, refere-se a construção do Sistema de abastecimento de água do Sitio Chapada dos Romeiro e Sitio Bananeira. Por telefone, o Secretário me informou que toda a documentação requerida pelos técnicos do TCM/CE, foram entregue no ato da requisição e que os engenheiros se deslocaram para efetuar a inspeção “in loco” da obra. 
Mais informações »

0 comentários:

segunda-feira, 28 de julho de 2014

thumbnail

Camilo trabalhará por Fortaleza mais segura

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


O petista Camilo Santana, candidato ao governo do Ceará, concedeu entrevista ao jornal O Estado sobre seus pontos cruciais para o desenvolvimento econômico e social do Estado: segurança pública, desenvolvimento regional, sustentabilidade, habitação, além dos desafios futuros do próximo governador e expectativas eleitorais. Veja abaixo a entrevista na íntegra de todas as respostas dadas pelo entrevistado.
[O Estado] Quais são as expectativas para a campanha este ano?
[Camilo Santana] Nós estamos iniciando a campanha. Queremos fazer uma campanha positiva, percorrendo o máximo de municípios do Ceará. Até agora, já visitei cerca de 20 municípios, fazendo diversas discussões com os setores da sociedade e mostrando projetos em construção no Ceará e no Brasil, sobretudo melhorando a vida das pessoas. Queremos apresentar aquilo que a gente (governo) vem fazendo, aprofundando as mudanças, e garantir um Ceará melhor para todos.
[OE] - Na sua visão, qual é o maior problema enfrentado no Estado e, caso eleito, como fará para solucioná-lo?
[CS] - É  preciso pensar o Ceará no futuro, e temos que preparar as bases necessárias.  Por exemplo, o Ceará é importador de energia, nós não tínhamos nem energia suficiente para garantir os empreendimentos e as demandas do próprio Estado. Hoje, o Ceará, está exportando energia, para a gente poder atrair os investimentos das indústrias, de uma refinaria e uma siderúrgica. Precisamos ter as condições necessárias para isso. Para se ter ideia, 35% da energia produzida no Ceará é uma energia eólica e energia sustentável. Por outro lado, temos que garantir a infraestrutura da água, que é um problema grave. Hoje, o Ceará tem semiárido e adversidades climáticas. 
Nós não sabemos se ano que vem vai chover, então, o Estado tem pensado não só nas ações emergenciais, na cisterna de placa, Projeto São José, mas nós temos pensado em uma infraestrutura da água, que é a integração do São Francisco e o Cinturão das Águas, que permitirá levar água, especialmente, para o Oeste do Ceará, uma das áreas mais graves em relação ao problema da seca.
Nesse momento, a obra está entre o município de Jati, até Nova Olinda, no Rio Cariús e, nós, pretendemos dar continuidade ao projeto, garantindo, assim, não só água para beber, mas para produzir, irrigar e para a indústria. Sendo assim, com a parceria com o governo federal, vamos trazer a refinaria e dobrar o Produto Interno Bruto [PIB] do Brasil, e garantir desenvolvimento para todo o Estado. Outra importante obra para o Ceará é a Transnordestina, que vai cortar todo o Estado, garantindo que essa expansão do desenvolvimento possa acontecer de forma mais centralizada e não ficar só no Complexo Portuário do Pecém. Entretanto, precisamos qualificar a mão de obra.
[OE] - E na educação?
[CS] - A educação será prioridade em nosso governo, por isso, e a maior demonstração disso, é a escolha da ex-secretária de Educação do Estado, Izolda Cela, para ser candidata a vice-governadora. Uma secretária que teve um avanço profundo na educação do Ceará. Nós não tínhamos nenhuma escola profissionalizante do Estado; hoje, já são 102 funcionando, fora as que estão em obra, e, agora, são mais 22 conveniadas com o governo federal de tempo integral, para que possamos formar profissionais, qualificar a mão de obra no Estado, até para atender esse projeto que está em construção no Ceará.
[OE] - O senhor tem falado que, caso eleito, dará continuidade ao projeto Ronda do Quarteirão, ou vai ampliá-lo? Como vê a questão da segurança hoje?
[CS] - A questão da violência é uma epidemia hoje, no Brasil. E, nós, compreendemos que ela se agravou muito com a questão das drogas. O crack está invadindo as famílias, os lares brasileiros e cearenses e, nós, não produzimos drogas. Uma das grandes ações é fazer um trabalho de polícia de fronteira, para evitar ou diminuir a entrada de drogas no Ceará. Duas questões que vamos priorizar, a questão das fronteiras e reorganizar o Ronda do Quarteirão. Esse programa teve um resultado fantástico, foi criado em 2008, onde tem 249 áreas com equipamentos, estrutura, policial treinado, capacitado com o que há mais de moderno na Polícia no mundo todo, para poder garantir o trabalho efetivo no Ceará. É a polícia cidadã, presente nos bairros, em que as pessoas têm o telefone dos policiais, que a Polícia chega até cinco minutos,  quando é chamada, que bate na porta do cidadão.
Se você pegar os índices de criminalidade, após o Ronda ser criado, nós tivemos uma sequência de anos, onde  diminuímos ou estabilizamos o problema da violência no estado do Ceará. O que aconteceu, a partir daquele motim, a paralisação no dia 1º de janeiro de 2012, a gente viu uma ascensão no problema da violência no Estado. De certa forma, precisamos reorganizar o programa, voltar a cumprir com o papel inicial com o que foi criado, aumentar o efetivo da Polícia, tanto civil como militar. Para se ter uma ideia, a cada três policiais efetivos, dois foram contratados ao longo dos últimos sete anos.
Nós compreendemos que precisamos de mais policiais, como também no corpo de bombeiros, restabelecer a disciplina em relação à hierarquia, inclusive nas questões salarias, os policiais precisam estar bem estimulados, bem pagos, com promoções, para poder cumprir o seu papel e garantir a segurança das pessoas, não só da Capital, mas também no interior do Estado, vamos criar as delegacias 24 horas, para que as pessoas possam ser atendidas a qualquer hora do dia. O problema da violência não se resolve só com a polícia, nós temos que ter integração de políticas públicas de governo. O Estado investiu muito em equipamento: nós temos hoje, a melhor Academia de Polícia do Brasil, então, precisamos integrar as polícias.
[OE] - A questão do combate à violência passa pelo enfrentamento às drogas. Qual as prioridades em relação aos dependentes químicos?
[CS] - Primeiro, vamos evitar que a droga chegue ao Estado pelas fronteiras, depois, vamos trabalhar a questão dos dependentes, acolhendo essas pessoas. A ideia é trabalhar em parceria com as prefeituras, as casas de acolhimento para recuperação desses jovens e. assim, reintroduzi-lo na sociedade, além de trabalhar uma grande ação criando oportunidades, para que jovens não caiam novamente nas drogas. Para isso, é preciso escolas de tempo integral, Cucas funcionando no bairro, pista de skate. Repito, nós não vamos resolver o problema da violência não só com a contratação de policiais, mas criando condições para que o jovem não caia, nesse problema das drogas.  Precisamos agir com inteligência e quebrar esse elo em relação ao tráfico de drogas, que não é um problema que ocorre apenas no Ceará, precisamos integrar as polícias, uma parceria forte com o governo federal. Monitoramento por câmeras é fundamental para a segurança pública.  É um conjunto de ações, que estamos apresentando, queremos aprofundar. Vou agarrar essa questão da segurança com unhas e dentes, com vontade, com os melhores especialistas nessa área.  Estamos ouvindo o que há de melhor, para que a gente possa, com responsabilidade e segurança, apresentar à população cearense o que queremos e vamos fazer para o povo do Ceará.
[OE] - Atualmente, os abrigos de Fortaleza estão superlotados e isso também contribui para a questão da marginalização destes jovens. Inclusive crianças acabam sendo abandonadas ainda bebês. Caso eleito, como pretende trabalhar esta realidade?
[CS] - Além de criar espaços públicos, o próprio Estado e Prefeitura precisam fazer essa parceria, apoiar as iniciativas da própria sociedade civil. Você não consegue resolver só com as ações institucionais do Estado. Eu conheço vários trabalhos como entidades, ONG’s, que fazem esse trabalho. Pretendemos  apoiar, fortalecer e criar uma rede, para que possamos otimizar os recursos para investir e garantir bons resultados.

[OE] - O indicador referente à quantidade de pessoas sem moradia no Ceará caiu três pontos percentuais entre 2007 e 2011, passando de 12,55% para 9,49%, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Apesar da redução, ainda existe um grande déficit habitacional no Ceará, de acordo com o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará (Sinduscon-CE). Nesse contexto, quais são os planos que o senhor pretende executar para amenizar um dos grandes gargalos do Estado? E Como a avalia o programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) no Ceará?
[CS] - Eu fui secretário das Cidades e foquei muito nessa questão quando assumi a pasta. O Ceará foi o Estado que mais contratou empreendimento. Em Fortaleza, de 2011 para frente, Fortaleza contratou 2.900 unidades pelo MCMV1. Agora, no MCM2, 30 mil unidades. Segundo dados do IBGE, Fortaleza tem um déficit de 79 mil casas. Estamos falando quase na metade do déficit oficial. Quando se trata de habitação, tem-se déficit qualitativo, que são as pessoas com moradia muito precária, e você têm o déficit quantitativo, que são as pessoas que não tem casa. Eu considero um dos maiores programas que o governo federal criou. Uma casa, hoje, o preço do empreendimento está em volta de cerca de 63 mil reais, o Estado criou uma lei, autorizada pela Assembleia, onde permite que o Estado aporte recursos adicionais para viabilizar os empreendimentos. No José Walter, o primeiro maior do Nordeste com 5.530 unidades. Considero fundamental o direito à moradia. Ainda existe o programa Casa Melhor, em que você tem um crédito de R$ 5 mil para comprar móveis. Nós, portanto, queremos avançar. Tenho uma proposta para o governo federal de fortalecer nos municípios abaixo de 50 mil habitantes, além de acabar com as casas de taipa no Ceará e, pela minha experiência como secretário, acho que é uma área fundamental para que as pessoas tenham direito à moradia.

[OE] - Uma das grandes polêmicas que há anos se arrasta na cidade de Fortaleza é a regulamentação do Parque do Cocó. Espera-se que a atual gestão o regularmente antes de deixar o governo. Qual o seu plano para manutenção/proteção do parque e atuação contra a especulação imobiliária na unidade?
[CS] - Minha ideia é avançar neste projeto. Quando a gente olha o Cocó, só se vê o Cocó da Praia do Futuro até a BR-116. Entretanto, ele nasce depois no quarto anel viário. Nós estamos fazendo o maior projeto de reurbanização da Capital, que é o Projeto Maranguapinho. Aprovamos uma Lei na Assembleia Legislativa, em que ampliamos a área de preservação do Rio Cocó. São 105 hectares novos, que vai ser permanentemente entregues, preservando esse espaço para a sociedade cearense. A área será toda urbanizada, com a construção de vias paisagísticas do lado esquerdo e direito, com equipamentos para esporte e até ciclovias. As obras foram iniciadas na nascente do Cocó, para controlar as cheias. Sendo assim, serão retiradas 3.600 famílias em área de risco, inclusive acrescentando ao Cocó um espaço que antes não tinha.

[OE] - Embora a estiagem seja uma situação mais que conhecida pelo povo nordestino, em pleno século XXI, com inúmeras tecnologias, os cearenses continuam reféns da seca e dos argumentos sobre a falta de chuva. Quais as suas projeções para as políticas de convivência com a seca?
[CS] - O Estado, hoje, tem suas ações emergenciais. Imprevisível o que vem no ano seguinte. Estamos em dois anos de seca, encaminhando para o terceiro. Ao longo dos anos, o Estado tem criado políticas públicas que tem garantido a permanência das pessoas no interior.  Na seca, no passado,  as pessoas próximas a Fortaleza,  ou vinham pedir dinheiro nos sinais para comprar alimentos ou realizavam saques nos comércios no interior do Estado.  Hoje, não acontece mais isso, haja vista a forte política de Seguro Safra,  onde o  Ceará é o primeiro lugar no Nordeste, com 300 mil agricultores cadastrados neste programa,  que é um seguro que, caso  tenha seca, ele recebe uma pequena parcela mensais,  para, pelo menos, ter uma renda para comprar alimentos para a sua família. E isso, agregado aos programas sociais, como o Bolsa Família, deu a oportunidade de pelo menos das pessoas viverem, sem sair do sertão. Além disso, o Estado vem investindo fortemente na política de cisterna de placas, principalmente nas regiões mais dispersas. Hoje, o Ceará é o primeiro lugar do Nordeste, perdendo apenas para a Bahia, que é um estado maior. Essa política não tem nem um ano, por mais que seja um pior ano de chuva, nós não temos nenhum ano que chova suficientemente para encher uma cisterna de placa.  Agora, nós estamos com a cisterna de polietileno, que tem durabilidade maior. A terceira, e grande ação, são as pequenas adutoras que estão sendo feitas, por meio do projeto São José, da Sohidra, que leva a água para as casas das famílias. Emergencialmente, o governo está com grandes projetos, que são as adutoras emergenciais.  Se não tivéssemos feito essas adutoras, Tauá, Crateús teriam colapso de água, por exemplo.  O governo vai fazer uma adutora saindo do Açude de Araras até Crateús, que são quase 150 km.  Mesma forma em Canindé, que já tinha uma adultora e vai ser construída outra do município de General Sampaio, até Canidé. Nós só vamos acabar com isso com a finalização dos projetos Cinturão das Águas e a Transposição do Rio São Francisco.

[OE] - Muitas críticas a atual gestão estão atreladas a execução de grandes obras, que, segundo os críticos, são grandes “elefantes brancos”, a exemplo do Acquário e da Ponte Estaiada. Caso eleito(a), você dará continuidade a essas obras ou outras do tipo? E qual sua avaliação sobre a necessidade delas?
[CS] - O Acquário é um projeto que vai garantir um novo público do turismo no Estado do Ceará, principalmente, em Fortaleza.  A grande vocação que nós temos, são nossas praias. É preciso criar um turismo para que as pessoas passem mais tempo na Capital. O Acquário além de ser educativo, científico, e a previsão é que se tenha um aumento de um milhão e 200 mil turistas por ano na capital.  As pessoas questionavam o Centro de Eventos.  O nosso turismo restringia-se ao turismo de férias; hoje, temos turismo de negócios. Se você perguntar a um taxista quanto aumentou o número de passageiros, no mínimo, cresceu 30%. Aumentou as ocupações nos hotéis, melhorou as atividades nos restaurantes. Isso fomenta a economia no Estado inteiro, e é com isso que o Acquário vai contribuir. Sem falar que os recursos que estão sendo investidos advêm de uns empréstimos realizados em um banco internacional, destinado apenas para isso.
Nós não estamos deixando de investir em educação e em áreas como a saúde. Os resultados na educação nos dá orgulho. Na saúde, não havia nenhum hospital no interior, já temos dois, vai ser construído o terceiro, e nós vamos construir o quarto, além de um quinto que vai ser construído na Região Metropolitana de Fortaleza.  Não havia nenhuma policlínica, ou Unidades de Pronto Atendimento (Upas. Agora tem. É preciso ter o olhar muito mais além, do que se restringir a meras críticas.

[OE] Com o Centro de Formação Olímpica do Nordeste (CFO) pronto, e as Olimpíadas acontecendo em menos de dois anos, o senhor já tem definidas as políticas públicas que vão sustentar tamanho investimento em esporte no Ceará? Se sim, quais?
[CS] - Para nós, em Fortaleza, é um privilégio ter um centro olímpico que representa todo o Nordeste.  Um equipamento que vai proporcionar experiência aos nossos jovens.  São 18 modalidades e vai ter tudo que é mais moderno nesse centro.  Aliás, quando se fala na questão da violência, essa é uma oportunidade que nós vamos ter de garantir esse espaço para os nossos jovens no Ceará. Vamos fortalecer as políticas para os nossos jovens, como construir mais espaços, pistas de skate, programa segundo turno,  bolsa esporte,  a questão dos Cucas, até porque são ações que complementam as políticas educacionais nas escolas. Nós estamos construindo esse plano, nós estamos ouvindo os segmentos,  ouvindo as pessoas, não quero fazer nada de cima para baixo; quero ouvir e sentir o que as pessoas querem, pretendem e avaliam. Nenhum gestor constrói um governo, lidera um Estado, sem ouvir o seu povo. Esse é o meu estilo de governar.

[OE] - Qual o maior desafio do próximo governador do Estado?
[CS] - Trazer a credibilidade aos cearenses sobre a questão da Segurança Pública. Eleito, vou abraçar isso com muita garra, muita energia, para que os cearenses possam se sentir seguros, principalmente em Fortaleza.





















Via oestadoce
Mais informações »

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top