Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Orçamento do TRE fica próximo dos R$ 14 mi

Publicado por Junior Carvalho As quarta-feira, 14 de maio de 2014  | Sem Comentarios

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) vai gastar R$ 13,9 milhões com as eleições deste ano. O valor é aproximadamente 29% superior ao custo do pleito de 2012, quando foram contabilizados R$ 10,7 milhões em gastos para organizar as eleições municipais daquele ano.
A previsão consta no planejamento integrado das eleições de 2014, elaborado pelo TRE. O documento formalizado atende a uma Resolução do próprio órgão, que tem o objetivo de cumprir a meta do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), segundo a qual os Tribunais Regionais Eleitorais devem disponibilizar o planejamento em seu sites.
O montante divulgado pelo TRE está dividido em sete quesitos, entre alimentação, serviços de apoio, serviços de logística, custeio das diárias a servidores e magistrados, locação de veículos, material de expediente e demais despesas. O gasto mais elevado se refere ao fornecimento de alimentação para os convocados pela Justiça Eleitoral que irão atuar no pleito. Dos R$ 13,9 milhões previstos, mais de R$ 4 milhões serão destinados para esse tipo de despesa.
Lista
Além da alimentação representar 31% dos gastos, os custos com serviços de apoio ficam em 19% e as despesas com serviços de logística fecham em 14%. Os recursos destinados ao pagamento das diárias a servidores e magistrados representa 8% do total, assim como a locação de veículos também requer o mesmo percentual do total previsto. O item material de expediente completa a lista, totalizando 4% dos custos.
Já o item denominado de demais despesas representa 16% do total de gastos. Ou seja, o TRE pretende destinar um pouco mais de R$ 2 milhões para os custos incluídos nesse quesito, que representam, segundo o próprio Tribunal, a soma das despesas menos significativas.
O planejamento feito pelo TRE também detalha os gastos com a manutenção das urnas eletrônicas que serão utilizadas durante o pleito. A previsão do Tribunal é gastar cerca de R$ 2 milhões do total das despesas para providenciar a logística de funcionamento das ferramentas.
A justificativa do órgão é a de que o transporte, o armazenamento, a conservação e a preparação das urnas no período eleitoral exigem uma logística complexa que requer a contratação de serviços e a consequente gerência de vários contratos.
Transporte
Ao todo, 22.678 urnas eletrônicas funcionais do TRE estão armazenadas nos Centros de Armazenamento e Manutenção de Urnas Eletrônicas (CAMUs), localizados nos municípios de Fortaleza, Iguatu, Limoeiro do Norte e Itapipoca.
Cerca de três meses antes das eleições, o TRE vai arcar com as despesas provocadas pelo transporte desses equipamentos para as zonas eleitorais, de acordo com sua proximidade territorial.
No documento, o TRE apresenta ainda as despesas decorrentes das ações estruturadas para o atendimento ao eleitor no período anterior ao dia 7 de maio. De acordo com o orçamento, as medidas tomadas pelo Tribunal nessa reta final, incluindo a transferência do atendimento para o Ginásio Paulo Sarasate e manutenção de unidades móveis, exigiram um montante de aproximadamente R$ 93 mil.
O TRE também planeja gastar R$ 3,5 milhões com a compra de materiais e a contratação de serviços para tornar possível a realização das eleições deste ano. O órgão ainda promete destinar R$ 82 mil para assegurar a estruturação das atividades necessárias à fiscalização da propaganda eleitoral promovida pelos candidatos.
Além dos custos já citados, o TRE ainda especifica gastos com ações implementadas para a tramitação dos processos de registro das candidaturas, as despesas com outros eventos relacionados ao pleito e os recursos garantidos para as atividades de comunicação do órgão.
Títulos
O Tribunal não finalizou o balanço geral dos atendimentos para a regularização do título de eleitor. O órgão esclareceu que, devido ao esquema de plantão organizado durante os últimos dias, os servidores da Justiça Eleitoral voltaram às atividades apenas na segunda-feira.
Dessa forma, a compilação de quantos novos títulos foram emitidos e o balanço dos eleitores que realizaram o recadastramento biométrico nos sete municípios que utilizarão, neste ano, o sistema pela primeira vez deve ser comunicado em breve.
Assim, com base no eleitorado registrado durante as eleições de 2012, que foi de 6,2 milhões pessoas, nota-se que o TRE planeja gastar em 2014 uma média R$ 2,25 por cada cearense que apto a votar no pleito de outubro próximo.
















Via diariodonordeste

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top