Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Apresentadora defende emissora um dia após nova decisão editorial que a proibiu de emitir opinião

Publicado por Junior Carvalho As quinta-feira, 17 de abril de 2014  | Sem Comentarios

Ao voltar de férias e reassumir a bancada do “SBT Brasil”, na última segunda-feira (14), Rachel Sheherazade foi vetada de expressar opinião no jornal da emissora de Silvio Santos.
Marca registrada da jornalista e do colega Joseval Peixoto, os comentários renderam recentemente embates com partidos políticos e geraram polêmica nas redes sociais, principalmente após o episódio “Adote um bandido”.

Um dia após a nova decisão editorial, Rachel defendeu a emissora em entrevista ao iG. “Quem pediu que me calassem foram os partidos políticos PSOL e o PCdoB, que moveram representações contra meu direito à opinião. O SBT não me censurou”, disse.

Ainda em defesa da emissora, a jornalista enfatizou: “Jamais. Muito pelo contrário. Foi essa emissora que abriu as portas para as opiniões na bancada de seus telejornais, ainda no tempo do Boris Casoy”.
“Eu fui contratada, há 3 anos, exatamente para exercer plenamente meu direito de opinião. Prova de que a emissora é, por natureza, uma entusiasta da liberdade de expressão. Se houve censura, certamente ela não partiu do SBT”, analisou.
Rachel também comentou que os índices de audiência do telejornal podem ser prejudicados com o novo modelo. “O telejornalismo comentado, analítico e independente conquistou um público imenso.
Nossa audiência mais que dobrou nos últimos anos. Conquistamos mais anunciantes e mais telespectadores. Mas, este é um outro momento e a emissora decidiu novos rumos para o jornalismo.
A nós, colaboradores, cabe nos adaptarmos a essa nova mudança. Afinal, a decisão da empresa visa, também, nos preservar”, ponderou. ”Sentirei falta”.
Por fim, a jornalista ainda lamentou o novo formato. “Não posso avaliar o que o jornalismo e o Brasil perdem com essa decisão. Como cidadã, sou uma defensora da imprensa livre. Como jornalista, sou uma amante do jornalismo opinativo. É claro que sentirei falta desse espaço de opinião que tínhamos no SBT Brasil”,, concluiu.















Via jmunicipios

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top