Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

quinta-feira, 13 de março de 2014

A Pedreira: Após "adote bandido", Sheherazade e SBT são denunciados por apologia ao crime

Publicado por Junior Carvalho As quinta-feira, 13 de março de 2014  | Sem Comentarios


A frase "adote um bandido" dita por Rachel Sheherazade no "Jornal do SBT" continua gerando polêmica. A deputada Jandira Feghali (RJ), líder do PCdoB na Câmara, entrou com representação junto à Procuradoria-Geral da República (PGR) contra a jornalista e o SBT pelo crime de apologia e incitamento ao crime, à tortura e ao linchamento, caracterizado no art. 287 do Código Penal.

A deputada solicitou a instauração de um inquérito para investigar o comentário de Rachel após decisão unânime da 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) concordar com a possibilidade de investigação criminal pelo Ministério Público.

Jandira sugere ainda que a Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom) interrompa o repasse de verbas oficiais à emissora durante a investigação. Ao iG, o representante da parlamentar informou que a Secom deve aplicar pena administrativa de proibição dos repasses e a análise da própria concessão do canal ao SBT caso a jornalista e a emissora sejam condenadas.

Em 2013, o SBT recebeu R$ 150 milhões da União por propagandas e campanhas federais. "É inaceitável que uma emissora que explora uma concessão pública veicule através da jornalista uma mensagem de incitação ao ódio e contra os direitos humanos", destacou a parlamentar. Para a deputada, a movimentação é para evitar que a intolerância continue sendo disseminada na sociedade, evitando crimes e violações de direitos humanos.

Procurados pelo iG, Rachel Sheherazade e o SBT preferiram não comentar o assunto.

Entenda a polêmica

A apresentadora do "SBT Brasil" se posicionou em fevereiro sobre o caso do rapaz de 16 anos, que supostamente roubou, e, como punição, foi amarrado nu a um poste no Rio de Janeiro e espancado por um grupo chamado de "Justiceiros". Entre os comentários, Rachel sugeriu que os defensores dos Direitos Humanos adotassem um bandido.

Após o episódio, o SBT abriu espaço em seu telejornal para que Rachel esclarecesse seus comentários e passou a inserir uma tarja com a palavra "Opinião" toda vez que um apresentador se manifesta. Na ocasião, a emissora fez questão de deixar claro, por meio do âncora Joseval Peixoto, que as opiniões dos apresentadores não refletem a posição do canal.















Via Miséria

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top