Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

domingo, 23 de fevereiro de 2014

A Pedreira: PT deixa para Cid responsabilidade de escolher candidato

Publicado por Junior Carvalho As domingo, 23 de fevereiro de 2014  | Sem Comentarios


O governador do Ceará, Cid Gomes (Pros), será o protagonista da definição de quem disputará a sucessão estadual na aliança governista. A decisão é do grupo do PT Ceará encabeçado pelo deputado federal José Guimarães (PT), e foi anunciada, ontem, no lançamento do manifesto contra candidatura própria ao Executivo. Com apoio da maioria petista, o texto ressalta a preferência pelo Senado. Apesar de trabalhar com a manutenção de alianças como pano de fundo, divergências põem em xeque a eficiência da ação.

Intitulado “Manifesto de Apoio a Candidatura a Governador de Outro Partido”, o texto reafirma interesse em assegurar a reeleição de Dilma Rousseff (PT) e manter a aliança entre PT, PMDB, Pros e demais aliados.

“O governador Cid Gomes presidirá o processo. Nós apoiamos esse método. É uma decisão partidária”, defendeu o deputado Ilário Marques, durante a apresentação do manifesto. O deputado federal Artur Bruno acrescentou que é Cid quem ouvirá as demandas dos aliados. Os anos à frente do Governo e o gesto de trocar o PSB pelo Pros para manter apoio à Dilma foram apontados como motivos para manutenção da aliança.

O presidente estadual do PT, De Assis Diniz, ponderou, no entanto, que a definição não caberá unicamente a Cid. “Estamos dizendo que o governador tem o papel preponderante (...), mas o PT vai debater e discutir com ele a construção do nome”, disse.
Outros cenários
Apesar da preferência pelo Senado, o grupo não escondeu a simpatia por disputar a vaga do Executivo. Questionados sobre o cenário em que Cid apoiaria candidato petista e se candidataria para o Senado, os petistas comemoraram em uníssono. “Isso aí é o céu”, disse Guimarães. Mesmo assim, eles ressaltaram o consenso entre aliados. Também vice-presidente nacional do PT, ele adiantou que não haverá intervenção do PT Nacional nos estados.

No último dia 14, o grupo da ex-prefeita Luizianne Lins lançou manifesto em apoio à candidatura própria ao Governo, inclusive com ela sendo a provável candidata. O deputado Antônio Carlos (PT), aliado de Luizianne, julgou ser “inédita” a escolha do grupo do PT.

O presidente do PT Fortaleza, Elmano de Freitas, criticou que o manifesto não prepara o partido para possível falta de consenso entre aliados e necessidade de ser lançada candidatura própria. Além da posição contrária no próprio partido, o senador Eunício Oliveira (PMDB) também já se anuncia como pré-candidato e cobra apoio dos aliados.







Via O povo

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top