Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

A Pedreira: Câmara de Juazeiro: O cruzeiro que naufragou em terra

Publicado por Junior Carvalho As quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014  | Sem Comentarios



Durante a chegada dos vereadores que estavam confinados, falo da sessão da Câmara de Juazeiro na terça-feira, uma parlamentar foi questionada sobre onde teriam passado os quatro últimos dias. A resposta foi direta: “estávamos em um cruzeiro”. Sorridentes os outros parlamentares se esforçavam para manter a tranquilidade até a hora da votação. O temor era por uma nova onda de protestos populares que, vale salientar, não veio. Agora, o que os confinados do “cruzeiro” não contavam é que suas pretensões fossem naufragar justamente em terra firme. Isso mesmo, em terra firme. O adiamento da votação foi um balde de água fria nos ânimos, deixando o grupo sem saber o que fazer, nem falar.

O comandante do cruzeiro

Dos vereadores confinados antes da votação da Câmara de Juazeiro, apenas o comandante, ou seria o Capitão, buscou fôlego para questionar a decisão. Era tarde demais! O presidente Darlan já havia encerrado a sessão e deixados todos a ver navios. Segundo Darlan, o Ministério Público do Estado já está investigando a provável compra de votos dos vereadores. O que para muitos parecia brincadeira, agora é motivo de preocupação. Caso as denúncias sejam confirmadas, vereadores podem perder os mandatos. A verdade é que de agora em diante é bom pensar duas vezes antes de embarcar em um cruzeiro desses. Aliás, dependendo do resultado das investigações, essa pode ter sido uma verdadeira “barca furada”.

Os grupos que disputam a Câmara

A disputa para a mesa diretora em Juazeiro trouxe a tona o que poucos imaginavam: existem quatro grupos organizados na Casa. Apenas para registro, a Câmara de Juazeiro é uma verdadeira escola para quem pretende se aperfeiçoar na arte de fazer política estratégica. Com tantos grupos é imprescindível a necessidade de uma articulação que esteja sempre um passo a frente. É inegável que foi justamente isso que aconteceu na terça-feira. Enquanto dois dos grupos cantavam vitória, o consenso entre os outros dois, prováveis perdedores, demoliu o processo que já estava muito bem articulado. A lição: faça diferente do que já se fez. A receita de outros é controlada por quem a criou.

Quem são os grupos na disputa

Pois bem, vamos aos grupos. No primeiro grupo se articulam os vereadores Darlan Lôbo, Zé de Amélia, Alberto e Normando; O segundo é composto por Gledson Bezerra, Tarso Magno, Cláudio Luz e João Borges; No terceiro se articulam Capitão Vieira, Adauto Araujo, Didi de Amarílio, Rita Monteiro, Zé Ivan e Bertran Rocha; com Raimundão estão Preto Macedo, Mara Torres, Sargento Nivaldo, Claudionor e Cledmilson. Sem definição está Sargento Firmino. Já Danty Benedito está em fase de mudança e pode sair das raias de Darlan e passar a se articular com Raimundão. Nos bastidores a conversa é existe muita pressão. As peças estão na mesa é saber mexer para comandar a Casa.

Os detalhes da sessão

Pouca gente prestou atenção, mas os requerimentos verbais foram um verdadeiro festival de reclamações. Normando pediu atenção ao PSFs que, segundo ele, não têm sequer banheiros para uso dos profissionais. João Borges pediu, até pelo amor de Deus, que a Secretária de Meio Ambiente organize uma força tarefa para limpar a cidade que, segundo ele, está muito suja. Tarso Magno solicitou a compra urgente de mais ambulâncias e a criação de um sistema de socorro eficiente. E Gledson Bezerra reclamou da morosidade da prefeitura em relação aos pedidos dos vereadores. Se as observações tinham o intuito de pressionar a eleição, não se sabe. Mas, que foram sérias, isso foram!

Mirando em um e acertando em outro

Outro detalhe da sessão em Juazeiro foi a leitura de parte do Relatório Final da CPI do Ar-condicionado. Além das graves denúncias apresentadas, chamou a atenção, o fato dos depoentes terem aberto o jogo por completo. Se as denúncias atingirão Raimundão? Ainda é cedo para dizer, mas o desenrolar promete surpresas. Cláudio começou investigando contratos localizados em Juazeiro e acabou descobrindo uma verdadeira rede de corrupção que atua em varias cidades do Cariri. Ele mirou em um alvo e acabou atingindo outros. Segundo o vereador, a quadrilha atua em Aurora, Farias Brito, Caririaçu e Milagres. O relatório deve ser votado na próxima sessão; mas, independente do resultado da votação na Câmara, é certo o seu envio ao Ministério Público Estadual. É esperar para ver!

Enquanto isso nos bastidores...

... A vereadora Rita Monteiro não gostou nada das denúncias do presidente Darlan ao Jornal do Cariri de que 18 vereadores recebem mensalinho do prefeito. Ela chegou a convocar a imprensa para fazer o esclarecimento, mas o foco era o adiamento da votação. Darlan disse que houve uma confusão é que na verdade são oito e não 18. Ele promete entregar os nomes ao Ministério Público.

... Só quem não quis, deixou passar em branco a grande movimentação nos fundos da Câmara de Juazeiro, enquanto se desenrolava a sessão. O alongamento, com uma pauta inchada foi estratégia para negociar o adiamento. Nessas horas a experiência com o legislativo conta muito. Tem gente perdendo para a inexperiência!

... Quem recheou a sessão da Câmara de Juazeiro com mais pronunciamento bombástico foi o vereador Normando Soracles. Ele apresentou vários pedidos sem resolução e pediu respeito à Casa. Normando desafiou a Câmara a trazer o representante da Coelce para falar da iluminação pública e o secretário de Finanças de Juazeiro para abrir as contas da prefeitura. O apelo é válido!

... Tem vereador em Juazeiro garantindo que a decisão do voto para a presidência da Câmara foi conquistado à custa de muita pressão psicológica. O convencimento teria vindo com argumentos pesados e, até, tons de “ameaça”. Imagens estão sendo denegridas e reputações abaladas durante o processo. Como diria um amigo: o jogo é bruto!


Via Miséria

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top