Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Justiça federal bloqueia bens de ex-prefeitos

Publicado por Junior Carvalho As sexta-feira, 13 de dezembro de 2013  | Sem Comentarios

A Justiça Federal tornou indisponíveis os bens dos ex-prefeitos de Quixadá, José Ilário Gonçalves Marques (2001-2008) e Rômulo Nepomuceno Bezerra Carneiro (2009-2012), devido a uma ação por improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE). O objeto das ações foi irregularidades na execução de um projeto de criação de tilápias com recursos federais no valor aproximado de R$ 300 mil.
O juiz federal João Batista Martins Prata Braga, da 23ª Vara Federal em Quixadá, determinou o bloqueio dos bens dos envolvidos como sendo uma medida cautelar para que os réus não possam se desfazer de seus patrimônios e assim dificultar um futuro ressarcimento aos cofres públicos. Para o juiz, o decreto é necessário porque "são fortes os indícios de lesão ao patrimônio público, e do próprio enriquecimento ilícito dos envolvidos". 
 
Ilário Marques deverá ter bloqueados valores financeiros no montante de R$ 132.818,18, enquanto que Rômulo Carneiro ficará impedido de movimentar R$ 40.158,81. Além dos dois ex-prefeitos, outros envolvidos no caso também tiveram bens decretados como indisponíveis, são eles: os ex-secretários de Agricultura do Município, Ereni Lima Tavares e Paulo Pinto Bezerra Júnior; o presidente do Instituto Sertão Central (ISC), Joaquim Neto Cavalcante Barros; o ex-presidente do ISC, Francisco Erasmo Cavalcante Barros; e da Cooperativa Cearense de Prestação de Serviços e Assistência Técnica LTDA – Cocepat.
Ex-prefeito afirma que não há irregularidades
De acordo com Ilário Marques, até o final da gestão, alguns fatores impediram a realização doprojeto, mas não há irregularidades "A mercadoria foi comprada, mas precisa de autorização que não foi concedida, ela está disponível na prefeitura. Não tem absolutamente nada que tenha causado prejuízo", afirma o petista.
O ex-prefeito informou que irá recorrer e disse que ação é um exagero. "Qualquer denúncia se transforma em uma ação, mas vamos recorrer. Ao meu ver, há uma compreensão de que todo político hoje é bandido e se for petista é logo condenado" concluiu Ilário.
A reportagem tentou entrar em contato com o outro acusado, o também ex-prefeito de Quixadá, Rômulo Nepomuceno Bezerra Carneiro, mas não obteve sucesso.
Fonte: diariodonordeste

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top