Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

sábado, 14 de dezembro de 2013

Inauguração de Policlínica de Iguatu é marcada por protesto de universitários.

Publicado por Junior Carvalho As sábado, 14 de dezembro de 2013  | Sem Comentarios

A solenidade de inauguração da Policlínica Regional Manoel Carlos de Gouvêa, na noite desta quinta-feira, na cidade de Iguatu, foi marcada por um clima de tensão e por manifestação de estudantes e professores da Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Iguatu (Fecli) da Universidade Estadual do Ceará e do campus da Universidade Regional do Cariri (Urca).
Em protesto, os alunos vaiaram os discursos de autoridades e abriram faixas e cartazes com críticas ao governo do Estado.
A Policlínica de Iguatu estava concluída e fechada há dois anos. Começa a funcionar parcialmente neste mês com a oferta de exames de imagem e atendimento ambulatorial especializado para os moradores da região Centro-Sul. A unidade será gerida por um consórcio de Prefeituras. O prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, disse que a unidade é de grande importância para a assistência aos moradores da região.
PROTESTO
As aulas estão paralisadas nas universidades públicas estaduais por causa da greve dos professores. Inicialmente, o acesso de estudantes ao local de inauguração foi impedido por policiais militares. Todas as bolsas de mulheres eram revistadas. O clima de tensão permaneceu por toda a noite.
No início da solenidade, os alunos vaiavam, gritavam e faziam gestos com o polegar direito inclinado para baixo. Houve momento em que um grupo sentou-se em frente ao palanque e depois deu as costas para as autoridades.
Graças a uma estratégia utilizada pelo governador, os manifestantes suspenderam as vaias e permitiram que Cid Gomes fizesse um longo pronunciamento sobre a temática da Educação. O gestor estadual antes de falar, convidou alunos a fazerem pronunciamentos.
Três universitários subiram no palanque e cobraram melhoria na infraestrutura dos campi, a conclusão da obra do campus multi-institucional (Uece, Urca e Fatec), nesta cidade, a realização de concurso público para professores e a negociação por parte do governo com os docentes que estão em greve.
Em seguida, o governador demonstrando calma disse que ampliou o investimento no ensino superior de R$ 90 milhões para R$ 300 milhões. Cid Gomes rebateu a proposta dos professores em greve. “A pauta de verdade trata de aumento salarial, mas os professores não têm coragem de dizer”, afirmou. “Hoje um professor de universidade estadual no Ceará tem salário mais alto do que os docentes de universidade federal”.
O governador disse que não iria realizar novo concurso público. “Se eu quisesse anunciava o concurso, passaria o tempo para inscrição, prova, divulgação de resultado e por ser ano eleitoral em 2014 deixaria para o próximo governador a contratação. Mas não vou fazer isso”, disse Cid Gomes.
Por último, o governador ao lado dos alunos visitou as obras de construção do campus multi-institucional e disse que a obra deve ser concluída em abril de 2014.
Informação Diário do Nordeste

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top