Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Altaneira 55 Anos: Mensagem do empresário Adevaldo Arrais

Publicado por Junior Carvalho As quarta-feira, 18 de dezembro de 2013  | Sem Comentarios



"Hoje pela a madrugada, me acordei e comecei a lembrar da minha vida na infância, que as 8 anos chegava no Distrito de Santa Tereza, Hoje Altaneira, justamente no ano 1958, ano que acontecia uma das maiores secas do nordeste, juntamente com os meus e meu irmão, vindo do sertão do Assaré, em busca de alimento para o gado que naquela época estava morrendo de fome.

Distrito de Santa Tereza, poucas ruas, casas de calçadas altas, uma igrejinha no centro (hoje igreja de São José), um pequeno mercado, um club (salão de dança), três ruas praticamente, Rua dos Necos ( Hoje Apolônio de Oliveira), Rua dos Paraibanos (hoje Rua Joaquim Soares e a Rua do Comércio Hoje rua Furtado Leite. Um pequeno comercio, com as budegas do Sr. José, José Adriano, Tonheiro, loja de tecido do Sr José Carneiro, Farmácia do Sr. José Inácio, açougues do Sr. José Eufrázio e Chico Otávio, Hotel do Sr. João Pio ,depois Nenem Rodrigues, café de Dona Zulmira e padaria de seu filho Totonio e salão de festa de Alencar Severino, Asisim era o Distrito de Santa Tereza, sempre afamado pelas as festas animadas e pelas belas mulheres, além de bonitas dançavam muito bem, Cleomar, Terezinha e Cecília de Otonio de Almeida, as filhas de Pedro de Apolônio,Maria de Luordes e Maria Luzia filhas de Senhor de Apolonio, filhas de Zacarias Correia e tantas outras, de Homens também com fama de dançador Louro Leandro, Chico Otávio e Zacarias que deixava as festas mais animadas com os seus gritos.


Tinha uma pequena Escola particular sobre a Direção da Professora Fausta Venâncio David, por sinal foi a minha primeira professora e de tantos Altaneirense que ali residiam e o meio de transporte era um caminhão GMC, de Senhor de Apolônio e que tinha seu ajudante Antonio Bodocó, era quem acionava a manivela do caminhão, tudo isto veio hoje na minha mente. Em Dezembro de 1958, aí veio a criação do município de Altaneira, se desligando do Município de Farias Brito.



Veio a primeira Convenção partidária para escolha dos candidatos que disputaria a primeira Eleição do Município de Altaneira, dois partidos a UDN e PDS, a UDN comandada pelo o Ex Prefeito de Fatias Brito, Sr. Manoel Pinheiro de Almeida, de tradicional família Almeida que foram os fundadores da Vila Santa Tereza, e Pelo o PDS o Juiz de Direito Dr. Vicente da Frota Cavalcante, um desconhecido do povo de Santa Tereza. Um Fato triste, talvez o mais triste até hoje neste 55 anos existência, no dia da convenção da UDN, que tinha Homologados as Candidaturas dos Srs. Manoel Pinheiro de Almeida e Francisco Fenelon Pereira, prefeito e Vice, teve uma grande festa dançante onde maioria da população se achava presente, por volta da meia noite, veio o pior, o Coronel Né de Almeida, como era chamado, ao sair do Salão de dança, (hoje comércio do Sr Rósio Bitú), foi alvejado a bala pelo um cabo da Policia Militar de Farias, a mando de inimigos políticos de Farais Brito e apoiados por adversário políticos de Altaneira, sendo este cabo também morto no tiroteio, atingido pelo disparo de uma arma do Sr. Né de Almeida, ainda vivo o cabo Moreira, foi puxado por as pernas pelo a vaqueiro e afilhado de seu Né, até a casa do mesmo que ainda se encontrava vivo, lá chegando cortou a orelha do cabo e mostrou a seu Padrinho e em seguida saiu até a rua e pegou uma pedra de mais de 100 kilos e arremessou contra a cabeça do cabo que ainda se encontrava vivo.


Daí em diante foi muita e tristeza e muita perseguição política em cima especialmente da família Almeida. Veio a primeira Eleição onde foi eleito o Sr. Francisco Fenelon Pereira tendo como vice o comerciante Francisco Bispo de Assis (Assis Baião), derrotando a chapara do PSD, que tinha como candidato o Sr.Vicente da Frota e seu vice Frutuoso José de Oliveira. Veio a primeira, onde foi criada a primeira Escola pública, a qual eu também aluno das Professoras Francisca Pio, Iraci Cidrão entre outras, hoje funciona o centro do idoso, veio as primeiras festas da padoeira Santa Tereza sempre no mes de outubro, onde era grande animação com novenas com soltas de fogos do Sr. Manoel Eufrázio o leilão animado por Antonio Valdivino a missa celebrada pelo temido Padre Agamenon Coelho de Assará, carrocel animado com o sanfonheiro Luiz da Moita, festa dançante no salão local, sempre animada pela Banda do Maestro Azul da cidade do Crato, tinha também o pé de pitomba, onde as prostitutas se alojava durante as noitadas de festa e fazia a folia dos homens daquela época.


Depois veio o primeiro campo de futebol, os primeiros jogadores, Alceu, nosso goleiro, os irmãos Adalberto e Chico Moreira, Chico Neco, Juvenal Neco, Zé Velouzo, Antonio Carneiro, Antonião da Betania, cordenado pelo incansável Vicente Rodrigues dos Santos , o cachacinha.


Isto são fatos que fazem parte dos primeiros anos de existência de nossa amada Altaneira, Parabéns Altaneira, parabéns a todos que fizeram e os que estão fazendo a sua História".

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top