Comunicamos que:

Neste Blog, trataremos de política local e nacional, esportes, saúde,educação e habitação, problemas sociais e vários outros temas de interesse relevantes.

sexta-feira, 25 de maio de 2018

thumbnail

Governo Municipal fecha parceria com associação de reciclagem do Município de Altaneira

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, visita as instalações da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Altaneira - Acamra.

O Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Ceza Cristóvão, visitou na tarde de ontem (24/05), as novas instalações da Acamra, na qual foi cedido o antigo Abatedouro que estava desativado desde 2011, pelo município em parceria entre o Governo Municipal e a Associação de Catadores.


“Essa é uma Associação modelo, pois tem o trabalho com reciclagem. Exemplo de que com união, responsabilidade e organização é possível crescer com sustentabilidade.” Destacou o Secretário.

O Presidente, Antônio Cadeira, em nome dos associados agradeceu o apoio e acompanhamento total do Governo Municipal.



Informações Assessoria do Governo Municipal 
Mais informações »

thumbnail

No terceiro Fórum das Câmaras em Potengi, Flávio Correia critica ações do escritório da Cagece do Município de Altaneira

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Na manhã de hoje (24/05), foi realizado no plenário da Câmara Municipal de Pontegi, o terceiro Fórum das câmaras municipais do Cariri Oeste.

O  evento tem como objetivo  instituir uma entidade representativa da categoria visando fortalecer o Poder Legislativo.

Representando o Poder Legislativo de Altaneira, participaram do evento o Presidente da Câmara de Altaneira, Antonio Leite, os vereadores, Valmir Brasil, Flávio Correia, da vereadora Silvania Andrade, e do Assessor Jurídico Normando Sousa.

O vereador Flávio Correia, lamentou a falta de respeito por parte do executivo para com os parlamentares. "  A gente é  quem recebe as reclamações do povo carente, Câmara de Altaneira hoje é independente, temos Assessoria Jurídica para cumprir o Regimento, fiz vários requerimentos junto ao Governo Estado, para construção da estrada Altaneira Assaré, mas na hora que o Governador foi assinar, infelizmente não fui lembrando pelos requerimentos apresentados, pior ainda é que agora não temos segurança que essa empresa realize de fato essa importante obra, pois pouco mais de dois meses quase nada foi feito pela empresa, 

Na oportunidade, sem citar nomes o parlamentar  criticou a postura do escritório  Regional da Cagece do Juazeiro do Norte, como também do escritório Municipal de Altaneira, que também  prática perseguição com pessoas hulmide do nosso Município."


"Sobre a estrada vou levar a situação para o Governador como também sobre a denúncia sobre o escritório da Cagece. de Altaneira e Juazeiro do Norte." Respondeu o Assessor da Casa Civil, Eônio.



Mais informações »

quinta-feira, 24 de maio de 2018

thumbnail

Petrobras perde R$ 45 bilhões em valor de mercado em 1 dia, diz Economatica

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Em dia de perdas na bolsa, a Petrobras perdeu R$ 45 bilhões em valor de mercado nesta quinta-feira (24), de acordo com levantamento da Economatica. A baixa acontece em meio à greve dos caminhoneiros, um dia depois da empresa anunciar a redução e congelamento dos preços do diesel nas refinarias.



As ações preferenciais da empresa, que dão preferência na distribuição de dividendos, caíram 13,7% nesta quinta. Já as ordinárias, que dão direito a voto em assembleias da empresa, recuaram 14,55%.




Com o tombo, a Petrobras voltou a perder o posto de maior empresa brasileira de capital aberto em valor de mercado, segundo dados da provedora de informações financeiras Economatica. As perdas acontecem um dia depois de a empresa decidir reduzir em 10% o preço do diesel por 15 diasem uma medida que vai resultar em perda de R$ 350 milhões em receita para a companhia.










Informações Globo





Mais informações »

thumbnail

Em carta, Lula pede que adversários não tenham medo de enfrentá-lo nas urnas

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


Preso em Curitiba (PR), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou uma carta para ser lida, ontem (23/05), aos prefeitos e vereadores que participam da XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, realizada nesta na capital federal. A leitura dividiu parte do público do evento. Enquanto alguns prefeitos e vereadores aplaudiram o conteúdo do documento e se manifestaram pela libertação do petista, outros se retiraram do local e gritaram palavras de ordem a favor da Operação Lava Jato.

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM), que organiza o encontro, abriu espaço para que todos os pré-candidatos à Presidência participassem da marcha desde terça-feira, e estendeu a mesma oportunidade ao petista, que enviou a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, para ler o documento em seu lugar.
No documento, Lula diz que o PT sabe acatar os resultados eleitorais e, por isso, pedem que seus adversários não tenham medo de enfrentá-lo nas urnas. "Vocês são prefeitos eleitos, e tem que ser respeitados por isso. Então, seria importante meus adversários também assumirem isso, deixem o povo decidir quem será o próximo presidente do Brasil. Se alguém quer ser presidente, que me derrote no voto. Meus adversários tem 3 anos de Jornal Nacional falando mal de mim de dianteira, não tem porque terem medo das urnas. O PT sabe acatar resultado eleitoral. O Brasil precisa resolver seus rumos de forma democrática", diz a carta.
O petista também voltou a reafirmar sua inocência e disse que quer ser presidente de novo para unir o País. Ele argumentou que não irá "olhar para trás" e nem dividirá o País entre "paneleiros ou petistas". "Eu fui o presidente de todos os brasileiros. E não quero ser presidente de novo para olhar para trás e dividir o país em paneleiros ou petistas. Eu quero fazer o que eu fiz quando fui presidente: cuidar do Brasil, de todos os brasileiros, com um olhar de mais carinho para os que precisam mais. Porque quando os que precisam mais melhoram de vida toda a sociedade sobe com eles", complementou.
Leia a carta na íntegra:
"Meus caros amigos prefeitos e prefeitas que vieram até Brasília para mais uma Marcha, uma das datas mais importantes do calendário político nacional, e que quando eu fui presidente da República, sempre fiz questão de prestigiar.
A marcha é importante porque não se pode governar o Brasil sentado em um palácio em Brasília. O Brasil é muito grande, muito diverso. O presidente precisa dialogar com o povo, com as autoridades locais, ver os problemas de perto e não só os problemas, mas também conhecer as soluções de perto. As vezes quem está no governo federal acha que os prefeitos vem só trazer problemas, quando na realidade muitas vezes o que eles trazem são soluções.
E a Marcha é, como diz o ditado, se Maomé não vai a montanha, a Marcha é quando a montanha dos prefeitos vem até Brasília para dialogar e cobrar, porque cobrar é parte da democracia.
Eu gosto sempre de lembrar que antes de mim houve um governo que chegou a jogar cachorros contra a Marcha dos Prefeitos. Uma coisa absurda. Nós fizemos diferente. O nosso governo montou uma sala de atendimento permanente aos prefeitos, para orientá-los e escutá-los. E atendemos a todos, independente de partido, independente de gostarem do Lula ou não, de gostarem do PT ou não, porque o prefeito não representa um partido ou parte da sua cidade. Ele representa todo o povo e é no município onde as pessoas vivem. Tem uma música de campanha antiga do PT que eu gosto muito que diz que uma cidade pode parecer pequena perto de um país, mas é na cidade que a gente começa a ser feliz.
Se houve um passado triste onde os seus antecessores prefeitos eram recebidos com cachorros pelo governo federal, hoje tenho que lamentar não poder estar com vocês por causa de uma sentença mentirosa, que me condenou por 'atos de ofício indeterminados'. Agora, para fins políticos, podem difamar gestores sem provas e condená-los sem dizer porque o estão condenando. Isso não deveria preocupar apenas um partido ou outro, mas a todos que prezam pela democracia e pela justiça.
Eu sou candidato a presidente porque não cometi crime nenhum. Eu sou candidato porque tenho honra e agi com responsabilidade, ética e correção nos meus oito anos de presidente da República. Eu sou candidato porque assumi o Brasil em uma situação difícil e saí do mandato com o melhor momento do país em sua história. Eu sou candidato para melhorar a vida do povo. E o que fiz uma vez como presidente eu sei que posso fazer novamente. Com a experiência que tive falo com tranquilidade que posso fazer um governo ainda melhor do que aqueles que eu já fiz.
Eu sou candidato porque na democracia quem decide os governantes é o povo. Vocês são prefeitos eleitos, e tem que ser respeitados por isso. Então, seria importante meus adversários também assumirem isso, deixem o povo decidir quem será o próximo presidente do Brasil. Se alguém quer ser presidente, que me derrotem no voto. Meus adversários tem 3 anos de Jornal Nacional falando mal de mim de dianteira, não tem porque terem medo das urnas. O PT sabe acatar resultado eleitoral. O Brasil precisa resolver seus rumos de forma democrática.
E eu não preciso dizer como os outros candidatos "eu acho, eu penso". Eu posso dizer "eu fiz". Eu posso dizer "vocês viram o que aconteceu". Meu compromisso com a democracia é real. Eu tinha aprovação alta mas não fiz emenda de reeleição. Enviamos recursos e trabalhamos junto com todas as prefeituras. Criamos projetos em parceria com os prefeitos. O cadastro do Bolsa Família, por exemplo, é feito pelas prefeituras.
As cidades tiveram obras do Minha Casa Minha Vida, obras do PAC. Receberam campus de universidades no interior, antes tinha só nas capitais. Institutos Federais de ensino. Foram abertos editais com recursos para inúmeros projetos das prefeituras nas mais diversas áreas. O Fundo de Participação dos Municípios teve cada vez mais recursos.
Eu fui o presidente de todos os brasileiros. E não quero ser presidente de novo para olhar para trás e dividir o país em paneleiros ou petistas. Eu quero fazer o que eu fiz quando fui presidente: cuidar do Brasil, de todos os brasileiros, com um olhar de mais carinho para os que precisam mais. Porque quando os que precisam mais melhoram de vida toda a sociedade sobe com eles. O comércio vende mais, a indústria produz mais, a prefeitura arrecada mais. E quando o país se perde em conflito, e tem um governo sem legitimidade, como estamos vendo agora, todos perdem.
Quem foi prefeito quando eu fui presidente sabe: no fim do meu governo tinha muito menos gente vindo bater na porta da casa de vocês porque estava com fome, porque não tinha emprego. E tinha muito mais projeto do governo federal com as prefeituras.
Então esse é meu compromisso com vocês: restabelecer a democracia, o diálogo nesse país. Um governo para todos. Um governo de inclusão, comprometido em cuidar dos mais pobres e retomar o crescimento da economia, das oportunidades. Um governo comprometido com a educação e a construção de um futuro melhor para o Brasil. Um governo com a consciência que um país melhor não se faz com um governo federal isolado em um palácio em Brasília, mas junto com toda a sociedade, empresários e trabalhadores, governadores e prefeitos, que estão ali, na linha de frente, batalhando por um futuro melhor para os habitantes da sua cidade. Um governo que não ouça só o mercado financeiro de São Paulo e a Rede Globo no Rio de Janeiro, mas que ouça toda a sociedade de todo o Brasil.
E vocês sabem que eu posso fazer e que eu sei como fazer. Porque eu já fiz. E vou fazer de novo.
Muito obrigado."


Informações O Povo
Mais informações »

quarta-feira, 23 de maio de 2018

thumbnail

PT do Ceará vai lançar pre- candidatura de Lula

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


O PT vai realizar um ato de lançamento da pré-candidatura deLula a presidente no próximo sábado, 26, a partir das 8 horas, no Centro de Convivência da UFC, no Campus do Pici. A direção estadual diz que está seguindo uma deliberação da cúpula nacional petista.
“Está decidido, Lula será o candidato a presidente da República pelo PT. Lula foi o melhor presidente que este país já teve. Somente ele pode trazer de volta os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras deste país”, informa o deputado estadual Moisés Braz, presidente do PT no Estado.
O ato, diz o dirigente petista, acontecerá em conjunto com o Encontro Estadual de Juventude do PT por Lula Livre, atividade que espera atrair mais de 500 jovens de todas as correntes do partido. Segundo Romário D’Ângelo, secretário de Juventude do PT/CE, é preciso defender a democracia. “É dever da juventude se organizar para defender Lula, a democracia e nossas bandeiras”, acentua ele.
Em Quixadá, cidade administrada pelo ex-deputado estadual e ex-presidente do PT do Ceará, Ilário Marques, haverá também ato pró-Lula. Será no domingo, 27, às 8 horas, com concentração no posto do Hotel Belas Artes




InformaçõesO Povo
Mais informações »

terça-feira, 22 de maio de 2018

thumbnail

Debandada na oposição: Tasso lança general e se sente só após debandada do PSD e SD

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


A dois meses das convenções para oficialização dos nomes dos candidatos às eleições deste ano, a  oposição  à sucessão do Governador Camilo Santana está mais magra. Duas siglas – SD e PSD, tidas como aliadas de primeira linha do PSDB e PROS, abandonaram a trincheira da oposição e caminham para entrar no grupo de partidos que dará sustentação à reeleição de Camilo Santana ao Governo. O palanque de Camilo ganha, também, o apoio do prefeito de Caucaia, Naumi Amorim (PMB). Os desdobramentos sobre a implosão do bloco oposicionista ganharam destaque, nesta terça-feira, 22, no Bate Papo do Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 24 emissoras no Interior) entre os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida.
O Solidariedade (SD), sob o comando do deputado federal Genecais Noronha, e o PSD, liderado pelo ex-vice-governador Domingos Filho, estavam até pouco tempo entre os partidos de oposição ao Palácio da Abolição.  Ambos são ligados ao presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB). Eunício, que tenta renovar o mandato, constrói uma aliança com o PT e o PDT em apoio à reeleição do Governador Camilo Santana. Eunício convenceu Domingos e Genecias a acompanhá-lo na aliança com o PT e o PDT.
As articulações de Camilo Santana, do ex-governador Cid Gomes e do senador Eunício Oliveira impõem o mais duro golpe na oposição que tenta viabilizar a candidatura do General Theophilo Gaspar à sucessão estadual. A saída do PSD e SD emagrece o tempo da propaganda da oposição no  rádio e na televisão e cria dificuldades para a eleição dos candidatos à Câmara dos Deputados e à Assembleia Legislativa.
O semblante das lideranças do PSDB, durante a reunião no escritório do senador Tasso Jereissati que marcou o lançamento da pré-candidatura de Theophilo, era de frustração e decepção com a ausência de dois nomes que há até duas semanas eram oposicionistas. Outro fator, além de questões locais, pesa na redefinição de rumos do SD e PSD: o desempenho do pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, contribui para o esvaziamento da oposição liderada pelo senador Tasso Jereissati.




Informações Ceará Agora
Mais informações »

segunda-feira, 21 de maio de 2018

thumbnail

Camilo é pressionado pelo PT após defender apoio a Ciro Gomes

Postado Por Junior Carvalho  | Sem Comentarios


A declaração do governador Camilo Santana (PT) defendendo que o seu partido apoie a candidatura do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) para a Presidência da República continuando repercutindo na sigla. O petista tem sido chamado para reuniões com lideranças nacionais e estaduais, após afirmar que estava "convicto" de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não conseguiria disputar as eleições deste ano e o PT não poderia apostar em um “isolamento suicida”.



Na noite de ontem Camilo Santana se reuniria na Residência Oficial com os deputados federais José Guimarães e Luizianne Lins e o estadual Elmano de Freitas. Fontes ligadas ao PT informaram que objetivo do reunião era discutir a conjuntura política, incluindo a disputa proporcional nas eleições de outubro, mas também assuntos relacionados ao ex-presidente Lula.

Na última quinta-feira, 17, no mesmo dia em que as declarações do governador foram divulgadas, o próprio Lula teria mandado recado para a presidência do PT de que continuava candidato. A informação foi repassada por telefone para os governadores petistas pela presidente nacional do partido, senadora Gleisi Hoffmann.
As bancadas do PT na Câmara e no Senado também divulgaram nota conjunta reafirmando a defesa da candidatura de Lula. No âmbito local, o Diretório Estadual do PT também se posicionou em nota. A sigla "ratificou apoio integral à candidatura de Lula" e informou que definirá a coordenação da campanha de Lula no Ceará, na próxima quarta-feira, 25. A equipe será a mesma que organizará a campanha de reeleição de Camilo.

"Para nós, está muito claro que o PT não tem plano B. A gente vai até o último momento pelo registro do ex-presidente Lula. O próprio governador sabe disso, mas respeitamos a posição dele", afirmou o presidente do PT Ceará, deputado estadual Moisés Braz. Apesar de ter assinado a nota contradizendo a visão do governador, Braz negou que as declarações de Camilo tenham causado mal-estar na sigla. "Ele (governador) diz que não quer que o PT caia no isolamento. Isso nem ele nem o PT quer", disse encontrando ponto de convergência.

Para o líder da oposição na Câmara, José Guimarães, a declaração do governador "faz parte do jogo" e não pode ser entendida como desavença partidária. "Quando uma liderança do porte de Camilo emite uma opinião dessa, evidentemente gera especulação, mas isso tem que ser encarado com naturalidade. Foi a opinião de um militante", disse, antes da reunião com Camilo.


O deputado federal classificou a situação como "percalço da política" e disse que a reunião com o governador é parte de esforço de unificação do PT em torno da candidatura Lula.

O POVO também procurou, durante a tarde e a noite de ontem, Luizianne Lins e Elmano de Freitas para ouvi-los sobre a reunião com o governador Camilo Santana, mas não obteve sucesso. Os petistas Nelson Martins, Dedé Teixeira e Rachel Marques também foram procurados, sem êxito.


Em entrevista ao Estadão, o governador Camilo Santana (PT) disse estar convicto de que o ex-presidente Lula não conseguiria disputar as eleições. Ele defendeu formação de chapa com Ciro Gomes, seu padrinho político 


Informações O Povo









Mais informações »

    Se você gostaria de receber nossas atualizações via RSS e-mail, basta digitar seu endereço de e-mail abaixo.

© 2013 A Pedreira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Proudly Powered by Blogger.
back to top